Afinal, qual a verdadeira história do círculo de pedras de Stonehenge?
Afinal, qual a verdadeira história do círculo de pedras de Stonehenge?

Afinal, qual a verdadeira história do círculo de pedras de Stonehenge?

Conheça a verdadeira história do círculo de pedras mais famoso do mundo!

publicidade

Você conhece a verdadeira história do círculo de pedras de Stonehenge? Conheça a verdade por trás desse monumento arquitetônico maravilhoso. 

A história do santuário de pedras chamado Stonehenge

O lugar é lindo, o santuário de Stonehenge é um dos principais monumentos do período Neolítico, conhecida também como a fase final da Pré-História. 

Quando os grupos de seres humanos passaram a se sedentarizar e começaram a praticar a agricultura, eles criaram uma série de ferramentas com novas técnicas e novos materiais. 

publicidade

Por isso, com os estudos que são realizados sobre Stonehenge, é fácil perceber que durante este período os conhecimentos sobre os grandes fenômenos astronômicos estavam sendo desenvolvidos pelos seres humanos. 

Portanto, com a falta de documentação e vestígios arqueológicos mais claros, impedem os pesquisadores terem um conhecimento mais aprofundado sobre as funções desempenhadas pelo santuário ao longo do tempo. 

Além disso, a falta de documentação sobre o santuário de pedras, leva alguns pesquisadores à criação de uma série de teorias e especulações sobre o famoso Stonehenge.

stonehenge

publicidade

A curiosa localização do círculo de pedras

O monumento arqueológico Stonehenge está localizado na planície de Salisbury, no condado de Wiltshire, próximo a Londres, na Inglaterra. 

O local onde fica o círculo de pedras é um dos mais conhecidos pontos turísticos na Inglaterra. Além disso, o santuário de pedras é entendido por muitas pessoas como um local de observação astronômica. 

Na época dos solstícios de verão e inverno, as pedras parecem ter sido colocadas de acordo com a posição do Sol nestas épocas do ano. 

O interessante é que, há indícios de que o lugar onde fica o círculo de pedras era utilizado para a realização de rituais religiosos, comprovando a união que existe na humanidade entre o domínio religioso e os conhecimentos astronômicos. 

Por isso, o Stonehenge é formado por imensos blocos de pedras colocadas em forma de círculo construídos a partir de três anos antes de Cristo. 

publicidade

stonehenge

O Stonehenge tem três fases de construção, são elas:

  • A primeira é a estrutura de madeira;
  • A segunda teria sido construído com pedras vindas da região do País de Gales;
  • A terceira constituiria o formato atual do santuário de pedras. Além disso, essas pedras azuis ainda compoẽm o santuário, estão localizadas no círculo central.

É fácil identificar que o núcleo do santuário de pedras há uma espécie de altar, formado por bancos de pedras.

Muitos estudiosos e pesquisadores acreditam que cerimônias religiosas foram realizados no local, principalmente por druidas, pois realizavam rituais e sacrifícios à adoração da divindade solar. 

Além disso, escavações arqueológicas feitas no local indicam ainda que o lugar pode ter sido utilizado como cemitério, pois foram encontrados restos mortais.

As dúvidas e os mistérios por trás do Stonehenge

Não é de hoje que surgem muitas superstições e dúvidas que pairam sobre o círculo de pedras Stonehenge, e isso acaba fortalecendo ainda mais sua vocação turística

stonehenge

Além disso, há ainda outros sítios arqueológicos semelhantes a Stonehenge na Grã-Bretanha. Ao norte do monumento existe o complexo de Avebury, com datação próxima do famoso santuário. 

Já foram encontrados também indícios no norte da Escócia, nas ilhas Orkney, um complexo de centenas de construções cercadas por uma muralha, possivelmente duzentos anos mais antigo que o Stonehenge. 

Conheças algumas coisas que você deveria saber sobre o Stonehenge

Veja a seguir seis curiosidades sobre o círculo de pedras de Stonehenge e se surpreenda com as histórias que esse monumento já passou. 

1 – É um mistério até hoje como algumas pedras foram colocadas no local

Dentre os mistérios remanescentes sobre a real origem do monumento Stonehenge, está o de como seus construtores, que tinham apenas ferramentas primitivas da época, conseguiram transportar grandes pedras para o local. 

Para alguns historiadores, supõem-se que as pedras, cada uma pesando uma média de vinte e cinco toneladas, foram trazidas de Marlborough Downs.

2 – Acredite, o Stonehenge já foi leiloado

Em 1915, depois que o herdeiro da família Antrobus foi morto na Primeira Guerra Mundial, o  círculo de pedras Stonehenge foi a leilão, no qual um morador da região chamado Cecil Chubb arrematou-o por seis mil libras.

stonehenge

Porém, três anos depois, Cecil Chubb doou o Stonehenge ao governo. E em reconhecimento a seu feito, foi condecorado pelo primeiro-ministro da época, Lloyd George.

3 – Há muitas teorias sobre sua real finalidade

Geoffrey of Monmouth, uma das primeiras pessoas a escrever sobre o lugar, afirmou que o Stonehenge foi construído como um memorial para os britânicos que foram massacrados pelos saxões. 

Já outra teoria, sugerida por John Aubrey e pelo arqueólogo William Stukeley, diz que o círculo de pedras foi erguida como um templo druida.

4 – Aglomerações de solstício de verão já foram proibidas no local

Iniciado na década de 70, em um solstício de verão, o Stonehenge Free Festival começou como um encontro, mas foi crescendo significativamente com o passar dos anos. 

Porém, depois que dezenas de milhares de pessoas compareceram ao festival de na década de 80, as autoridades, preocupadas com questões como o uso de drogas, proibiram o evento.

5 – Darwin estudava minhocas no lá

Em 1877, Charles Darwin viajou para o famoso círculo de pedras para realizar uma pesquisa sobre um assunto que há muito tempo o fascinava: as minhocas. 

6 – O Stonehenge é apenas um dos vários círculos de pedras da Grã-Bretanha

Enquanto o grande círculo de pedras chamado Stonehenge é conhecido como o mais arquitetonicamente sofisticadomonumento antigo, o maior deles é Avebury, localizado a quarenta quilômetros ao norte de Stonehenge.