Amor de mulher por seus 50 ratos de estimação impressiona web

Ela também tem quatro cachorros, três gatos e dois porcos!

publicidade

Quando a gente fala em “companheiros de quatro patas” e “pets”, o que vem à sua cabeça? Muito provavelmente cães e gatos, correto? Pois bem, para algumas pessoas como a norte-americana Michele Raybon, de 51 anos, a ideia de animais domésticos não se resume a essas duas espécies. Ela chamou a atenção da web por ter 50 ratos como melhores amigos em casa.

São 25 machos e 25 fêmeas, que inclusive tomam banho na pia de sua cozinha. De acordo com o R7, a publicação mostrando os roedores se refrescando já recebeu mais de 350 mil visualizações.

Muitas pessoas veem ratos como “nojentos”, mas Michele quer mudar essa ideia (imagem: reprodução Facebook/R7)
publicidade

Para muitos, ratos podem ser considerados animais “nojentos”, mas Michele quer mudar essa visão. Seu objetivo é mostrar que se tratam de criaturinhas adoráveis, capazes de dar muito amor, alegria e diversão para os seus tutores.

Te interessa?

“Todos os meus ratos têm um bom temperamento, então eu apresento alguém a um deles e geralmente eu o conquisto, ou os ratos o conquistam. Muitas pessoas mudaram de ideia e surpreendentemente os querem como animais de estimação. Algumas pessoas são muito abertas, mas outras nem tanto”, explica Michele.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Portal R7 (@portalr7)

publicidade

O início de tudo

A relação da mulher com os seus mascotes começou em 2018. Ela, que atualmente é moradora da Califórnia, recebeu os ratos de um criador do Texas. Os primeiros da criação foram os ratos-toupeira-pelados Elvis e Chuck e os ratos encapuzados Lucy e Ethel. No início, planejava criar os animais para vendê-los. No entanto, mudou de ideia e decidiu adotá-los como pets.

“É por isso que eu tenho tantos, porque eu os criei por temperamento, só para poder vendê-los para outras pessoas que amam ratos”, diz. Não seria exagero, então, dizer que Michele teve seu coração conquistado pelos novos membros da família.

publicidade

Apaixonada por animais, ela também cria quatro cachorros, três gatos e dois porcos! Companhia boa não falta em sua casa! Michele diz que, na infância, tinha muita vontade de ser veterinária. Isso, porém, acabou nunca acontecendo. Mas o destino deu um jeito de resolver isso, colocando-a em contato direto com os animais, exatamente o que queria no desejo antigo de profissão.

E não pense que o caso de Michele é o único. Existem várias pessoas que encontram verdadeiros companheiros para a vida em animais “inusitados”, como galinhas, patos e muitos outros.

Na Austrália, por exemplo, um homem fez amizade com uma aranha. Para não ir tão longe, aqui no Brasil mesmo, um urubu tornou-se o animal de estimação de um morador de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo.

E você, já teve ou tem vontade de ter algum fiel companheiro diferente do “convencional”?

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Fonte: R7

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar