Atitudes simples que ajudam a aumentar a autoestima das mulheres

Quem se sente bem supera melhor os desafios da vida!

Atitudes simples que ajudam a aumentar a autoestima das mulheres
Atitudes simples que ajudam a aumentar a autoestima das mulheres

Olhar-se no espelho e se sentir bem é mais do que um desejo, é uma necessidade. Mas isso não diz respeito apenas à aparência. A autoestima está relacionada também com a confiança e o afeto que cada um tem por si

No entanto, há pessoas que não conseguem se enxergar de maneira positiva. Elas se auto criticam além do normal, o que pode gerar até desconfortos nos relacionamentos. A boa notícia é que existem maneiras de aumentar a auto estima, se valorizar e viver melhor. Veja só!

Cuidar da aparência

Nas redes sociais, é normal que os usuários publiquem fotos em que aparecem bonitos e felizes, o que pode mascarar a vida real. Quem acompanha as celebridades, por exemplo, pode pensar que tudo é perfeito na rotina dessas pessoas, ao mesmo tempo em que eles (anônimos) encontram várias dificuldades no dia a dia, incluindo não se sentirem tão bem com a própria aparência. 

Te interessa?

Vale notar que as redes sociais não representam o mundo real. As pessoas podem colocar imagens cheias de filtros e em um ângulo que as valoriza. Ou seja, de perto, ninguém é sem defeitos. 

Imagem de cottonbro em Pexels 

Cada um pode tomar atitudes para melhorar a aparência, independentemente dos outros. Nesse sentido, existem várias ações que podem ser feitas. Para quem deseja valorizar o olhar, por exemplo, há novos produtos no mercado para cílios, como a Soul Turbo 7.0. Segundo a Revista Online Eudora, essa é a máscara mais vendida da marca e que agora tem mais benefícios, incluindo aumento do volume, longa duração e hidratação dos fios. 

Já para os lábios, existem batons que promovem o aumento dos lábios, como o Volumão da Quem Disse Berenice? Como se percebe, há vários cosméticos que ajudam a mudar aquilo que incomoda, sem precisar recorrer a cirurgias plásticas ou outros procedimentos caros e invasivos.

Praticar exercícios físicos

Outro aspecto que pode melhorar a autoestima é a prática de exercícios físicos, segundo o Ministério da Saúde. Além dos efeitos na aparência, as atividades fazem o corpo liberar substâncias relacionadas com o bem-estar, diminuindo consequentemente o estresse. 

Sem contar que fazer exercícios físicos é muito positivo para a saúde. Manter-se em movimento ajuda a dormir melhor, aumenta a imunidade, melhora a circulação sanguínea e muito mais. Ou seja, a atividade física também é uma prática de autocuidado. 

Imagem de Vlada Karpovich em Pexels

Assim como existem vários produtos para mudar a aparência, há diversos exercícios e esportes que podem ser realizados, como musculação, muay thai, ciclismo, dança, etc. Uma simples caminhada já ajuda a desestressar e a sair do sedentarismo. 

Ocupar a mente 

Como dito no começo, a autoestima não está associada apenas com a aparência. Por isso, também é importante prestar atenção a outros aspectos para se sentir bem. 

Quando foi a última vez que você aprendeu algo? Pode ser cozinhar um prato, uma palavra diferente ou qualquer trabalho. É interessante que a nossa mente esteja sempre sendo desafiada e se superando, pois nos dá uma sensação de conquista. 

Quem estuda ou busca conhecer algo novo com frequência tem mais facilidade de se sentir bem. Sabe aquele sentimento de “eu sei fazer isso” ou “eu consegui isso”? Eles são fundamentais para a percepção de si, afinal, todos podem conquistar grandes coisas, desde que comece a tentar. 

Vale aprender algo para o trabalho ou por hobby. Na internet, existem várias aulas gratuitas sobre os mais diversos temas. Basta escolher aquele do qual gosta mais. 

Cuidar da autoestima é olhar para si com mais carinho e dedicação. Afinal, nem todos os dias serão fáceis, mas quem se sentir bem conseguirá passar por eles com menos estresse e mais confiança. Então, aproveite para colocar essas e outras ações em prática!

Veja mais ›
Fechar