Bebê que nasceu prematuro e com apenas 930 gramas vence a Covid-19

A esperança é algo que não pode faltar!

Bebê que nasceu prematuro e com apenas 930 gramas vence a Covid-19
Bebê que nasceu prematuro e com apenas 930 gramas vence a Covid-19

Existem pessoas palavras em toda parte do mundo que do dia que precisam de motivo para que as suas esperanças consigam ser renovadas. E neste período de quarentena, precisamos de todas as oportunidades possíveis.

Ainda no ano passado, a história de um garotinho chegou a tomar conta dos assuntos mais falados de um hospital que fica em Jesús María, no Peru. Não por menos, o mundo todo acabou sabendo quem era o Jorge.

Ele sua mãe chegaram a passar um tempo no Hospital Edgardo Rebagliati da Previdência Social de Saúde (EsSalud), quando a Lissy, de 27 anos, teve parto prematuro, era seu primeiro filho.

Lissy não teve uma gravidez fácil, consequência de uma grave pré-eclâmpsia e síndrome de Hellp, precisou passar por uma cesariana nas pressas, se não, os riscos seriam ainda mais hoje.

Depois de muitas batalhas, o pequeno Jorge nasceu com apenas 930 gramas. Mas as coisas não apareceram tão fáceis assim. Essa mãe de primeira viagem teve um susto ainda maior quando soube que ambos estavam com Covid-19 e precisavam se separar.

Bebê que nasceu prematuro e com apenas 930 gramas vence a Covid-19

Para Lissy, uma das coisas mais importantes que chegou a acontecer com ela e seu bebê, foram os atendimentos impecáveis e tão insistente dos funcionários. E conta mais:

“Deus nos mandou para um lugar onde recebemos ajuda, apoio de anjos humanos que deram vida ao meu bebê. Os prognósticos não eram animadores, mas hoje chegamos ao mês e estamos aqui lutando muito junto com os médicos da UTI – Serviço Neonatal onde estão os prematuros.”

Nascendo com apenas 23 semanas (antes dos seis meses de gestação), a médica que ficou responsável pelo pequeno Jorgito chegou a contar que ele tinha sido menor bebê que já nasceu de uma mãe com Covid-19.

Bebê que nasceu prematuro e com apenas 930 gramas vence a Covid-19

Mas ainda assim, a esperança não poderia morrer

A Dra. Marilú Pachas, da UTI-Serviço Neonatal, chegou a contar que: “É o menor filho de uma mãe com diagnóstico positivo de Covid-19 e o menor que nossa Unidade recebeu. Mas seus pulmões estão se recuperando”.

Para ela e sua equipe, os cuidados não pararam em nenhum momento. Mesmo precisando estar separado de sua mamãe, o principal intuito era justamente esse, reparar a separação dos dois.

Bebê que nasceu prematuro e com apenas 930 gramas vence a Covid-19

Mas mesmo sendo bem pequeno, ele se mostrou mais forte do que esperavam. Além de vencer o coronavírus, o pequeno Jorge começou a se mostrar mais desenvolvido e começou a ganhar mais massa, o que resultou em um crescimento mais acelerado.

Depois de passar por momentos tensos e ao mesmo tempo bastante acolhedores, Lissy como mãe de seu primeiro filho tem a garantia: 

“Para meu bebê eles são sua segunda família, porque para eles ele é outro filho. Me dá muita segurança que eles cuidem disso. Estou saindo tranquilo e feliz em vê-lo depois de 30 dias e em saber que ele está em boas mãos.”

Fonte: EsSalud

publicidade