Brasília tem em praça, corações desenhados no chão em prol de isolamento
Brasília tem em praça, corações desenhados no chão em prol de isolamento

Brasília tem em praça, corações desenhados no chão em prol de isolamento

Cuidando do próximo com muito amor!

publicidade

Já estamos nos encaminhando para voltar ao normal e isso para todos nós é um reflexo de muita alegria. Depois de passarmos por um momento muito complicado por causa do avanço do contágio do coronavírus no últimos meses, não só o Brasil mas o mundo inteiro, se encaminha para sair ir desse período tão complicado.

Conforme o número de pessoas curadas e sadias vão aumentando, aos poucos tudo está voltando a funcionar normal. Como os locais que oferecem entretenimento foram os primeiros a serem fechados por não serem essenciais, apenas agora e aos poucos, estão sendo permitidas a visita de pessoas.

No estado de Brasília, a Praça do Cruzeiro amanheceu de cara nova e por que não assim dizer, ainda mais cheia de amor. Isso porque um trabalho voluntário inspirado em outros já existentes mudou a cara do lugar e o transformou, deixando mais seguro e ainda mais bonito.

publicidade

Voluntários da Agência 7 Pontos e da CW&C, uma casa de cafés e vinhos local,  se inspirou em uma ação feita na Inglaterra, onde centenas de corações foram pintados no gramado da praça, com principal intuito de manter as pessoas mais isoladas em locais abertos.

Como a Praça do Cruzeiro em Brasília é conhecida por ser um local onde as pessoas gostam de frequentar para sentar em seu gramado, fazer piquenique e se encantar com o pôr do sol, essa ideia funciona como porta de entrada para retomada dos antigos hábitos.

Veja o que disse a CW&C: “Sabemos que precisamos! Contudo não podemos ser negligentes, mais do que nunca temos que nos cuidar e cuidar do próximo. Pensamos nesses espaços para sua segurança e para recordar que esse Ato de Amor deve ser lembrado sempre. Conscientização e prevenção são as nossas maiores armas contra o COVID-19.”

View this post on Instagram

Album 3/3 . Um Ato de Amor . Às vezes a gente só precisa de uma pausa. Um momento distante de tudo. Reiniciar o sistema. Respirar sem a angústia e a ansiedade deste momento louco que estamos vivendo. Sentir o por do sol no rosto para logo tomar impulso e seguir novamente sem perder a cabeça nem o rumo de tudo. . Texto Adaptado: @escritordiegovinicius . Sabemos que precisamos! Contudo não podemos ser negligentes, mais do que nunca temos que nos cuidar e cuidar do próximo. Pensamos nesses espaços para sua segurança e para recordar que esse Ato de Amor deve ser lembrado sempre. Conscientização e prevenção são as nossas maiores armas contra o COVID-19. . – Use Máscara – Medidas de distanciamento 2m – Pessoas da mesma família/convívio – Higienize as Mãos – Recolha o seu Lixo . Estaremos de sexta a domingo 16h às 19h. . Projeto @coffeewineco Apoio: @wlconstrutoradf Realização: @7pontos . #winelover #wine #sunset #pordosol #cwco #delivery #ifood #vinho #cafe #wine #coffee #coffeebsb #cafebsb #cafeteria #freecoffee #coffeelover #winelover #brasilia #bsb #novidade #inauguracao #coffeelover #winelover

A post shared by CW&Co | Coffee, Wine & Co (@coffeewineco) on

publicidade

Além de deixar o local ainda mais agradável do que já é, estar repleto de corações desenhados, o estímulo para os visitantes virem ao local, não se resume apenas no distanciamento estabelecido, mas é preciso manter outras regras básicas de segurança.

Sendo assim, além de se manterem afastadas de outras pessoas que também chegam ao local, é indicado que as famílias permaneçam com o uso das máscaras, não dispense o uso do álcool gel e garanta a responsabilidade de todo o lixo o que pode ser gerado, enquanto estiver ali.

E e não há regra para o uso desse espaço. Por ser um local público, onde qualquer pessoa pode chegar ali e sentar-se para apreciar o momento, qualquer pessoa pode ocupar um desses corações desenhados.

Como já chegamos a enfatizar mais acima, os desenhos funcionam como principal porta para continuarmos a cuidar desta segurança, até que está pandemia seja extinguida de uma vez por todas.

Fonte: Correio Braziliense

publicidade