Carreata comemora alta de amiga após 44 dias internada com Covid

Mais uma dose de esperança e de alegria para nós!

Carreata comemora alta de amiga após 44 dias internada com Covid
Carreata comemora alta de amiga após 44 dias internada com Covid

Nessa última sexta-feira, Paloma Dominguez Santana Moura, de 34 anos, recebeu alta após precisar passar 44 dias no hospital por causa da Covid-19.

De acordo com ela, assim que chegou no hospital já precisou ser encaminhada para o Hospital viValle, que fica em São José dos Campos, no estado de São Paulo, já ficou na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Nesse mesmo dia, os médicos identificarão que 80% do seu pulmão já estava comprometido pela Covid e que precisaria passar por tratamentos com antibióticos e sessões de fisioterapia.

Durante esse período, foram muitos momentos de altos e baixos que preocupam Paloma, os médicos e a sua família, que esperava por sua melhora com muita ansiedade.

Quando chega a falar sobre esses momentos, em que muitos deles eram de fato preocupantes, essa grande mulher reconhece que jamais perdeu as esperanças:

“A doença é muito difícil. Nós ficamos muito tempo sozinhos. Não podemos receber visitar. Mas, em nenhum momento eu perdi a fé na minha recuperação. Tinha muita certeza de que, apesar de todas as dificuldades, eu iria vencer”.

Carreata comemora alta de amiga após 44 dias internada com Covid
Carreata comemora alta de amiga após 44 dias internada com Covid

Depois de precisar passar sete dias em recuperação, a melhora era nítida e ela poderia finalmente voltar para casa e reencontrar seu amado filho e a família toda!

Uma surpresa de arrancar lágrimas

No dia em que recebeu alta, o marido e os pais de Paloma sabiam que precisavam fazer alguma coisa para marcar a vitória dessa guerreira contra a Covid.

De acordo com o seu marido, Renan Henrique Moura, as coisas foram lindas: “Quando ela saiu do hospital, estavam os pais dela, eu e nosso filho, de 2 anos. Nós a recebemos com flores e balões. Depois, já em casa, fizemos uma festa com os familiares. Soltei até fogos para comemorar a recuperação dela”.

E claro, o momento foi mais do que uma comemoração, era o reflexo do alívio e de uma nova fase em que Paloma estava começando a seguir, depois de passar por tanta tensão.

Carreata comemora alta de amiga após 44 dias internada com Covid

Mas pensa que as festas acabaram por aí? De forma alguma! Os amigos mais próximos da família resolveram se unir de uma forma segura. Eles montaram uma carreata no dia seguinte e saíram todos juntos pelas ruas do bairro Vista Verde.

Foram vários amigos e amigas que se reuniram com os familiares de Paloma para comemorar a sua vitória, pois precisavam mostrar que além da esperança que sentiam, eles também estavam esperando pela sua melhora!

E claro, não poderíamos deixar de compartilhar essa linda história de esperança. Paloma é um exemplo!