Carrinhos de bebês são deixados na fronteira da Polônia para mães ucranianas

É impossível ver tais imagens e não ter o coração tocado.

Mães deixam carrinhos de bebê para ucranianas que cruzam fronteira da Polônia
Mães deixam carrinhos de bebê para ucranianas que cruzam fronteira da Polônia
publicidade

De acordo com o chefe da Agência da ONU para Refugiados, já são mais de 1,5 milhão de pessoas que precisaram fugir da Ucrânia desde que a invasão russa se deu início.

Como você já deve imaginar, no meio de todas essas pessoas, mães estão aflitas com suas crianças sem nem mesmo saber o que farão.

Na fronteira com a Polônia, outras mães começaram a se colocar no lugar dessas mulheres que estão a fugir de suas casas sem saber se conseguirão voltar muito em breve.

publicidade

Te interessa?

Como mães, sabiam que muitas estaria a chegar em seu país com muitas batalhas pela frente. Então, decidiram demonstrar apoio. Pensaram em demonstrar uma receptividade única.

Uma forma de recepção e apoio

Diversas mães fizeram questão de deixar suas casas e irem até a fronteira do seu país com a Ucrânia para levar alguns itens, que com muita certeza, chegaram a fazer uma diferença enorme para mães refugiadas que estavam a adentrar seu país.

Mães deixam carrinhos de bebê para ucranianas que cruzam fronteira da Polônia
Mães deixam carrinhos de bebê para ucranianas que cruzam fronteira da Polônia (Imagem: Francesco Malavolta)

Foram vistos dezenas de carrinhos de bebês deixados para elas. A fronteira de Medyka, na Polônia, ficou repleta de itens equipados para as mamães.

publicidade

De acordo com o fotógrafo Francesco Malavolta, quem viu a cena e fez cliques que rapidamente se tornaram virais em diversas partes do mundo. Ao falar sobre, ele detalhou dizendo:

“O que me impressionou antes de tirar a foto foi a ausência de pessoas ao redor, enquanto a dois metros de distância havia quilômetros de pessoas. Parecia surreal”.

Assim como nós, em um e-mail enviado ao ABC News, o questionamento que Francesco fez é o mesmo que toca nossos corações:

publicidade

“Pensei nos dois, na solidariedade de quem trouxe os carrinhos e nas histórias dramáticas de mães fugindo da guerra.”

Jamais conseguiríamos medir a aflição que cobre o peito de cada mãe

Para que você tenha uma breve ideia da quantidade de crianças que estão ao lado de seus familiares largando seus lares e país, é mesmo algo alarmante.

publicidade

Ainda de acordo com as estatísticas do governo, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, ou UNICEF, chegou a informar a um porta-voz à ABC News que, aproximadamente, 100.000 crianças estavam sendo criadas em instituições na Ucrânia.

Atualmente, a maioria dessas instituições estão sendo evacuadas sem os acompanhamentos que precisam. E detalhe, muitos delas possuem crianças com necessidades especiais.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Só esperamos de coração que tudo isso tome um fim. Pois a dor que nos assola com tais notícias é mesmo mínima comparada à quem está nesses pontos de conflitos.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar