Chow-Chow chora de saudade da dona durante videochamada e vídeo emociona intensamente

Ficar longe da mãe por algumas horas já é uma eternidade, imagina 21 dias?

chow-chow-chora-de-saudade-da-dona-durante-videochamada-e-video-emociona-intensamente

Como animais sencientes, os cachorros sentem falta dos donos assim como um filho sente dos seus pais, ainda mais quando ficam separados deles por longos períodos.

Foi o que aconteceu com uma sensível cachorrinha da raça chow-chow, que foi gravada chorando em uma videochamada com sua dona em um vídeo viral compartilhado nas redes sociais.

De acordo com o portal Rumble, a mulher precisou viajar a trabalho por três longas semanas, deixando a cadela com sua filha durante todos esses dias.

Ficar longe da mãe por algumas horas já é uma eternidade, imagina 21 dias? Ao rever sua dona na chamada de vídeo, a cachorrinha, que aparece na filmagem deitada no sofá, fica toda alvoroçada e começa a choramingar de saudade dela…

A mulher tenta consolá-la dizendo que está com saudades, que a ama muito e que em breve voltará para casa. Enquanto isso, a cadela chora, inconsolável, com os olhos fixados na tela.

O vídeo foi compartilhado online pelo portal Rumble. Na legenda, um usuário escreveu: “Esta Chow Chow está sentindo muita de sua amorosa mãe, mas com as vantagens da tecnologia moderna, ela pôde ao menos ver seu rosto e conversar com ela, apesar dela não estar fisicamente presente na sala”. Dias depois, a cachorrinha chow-chow e sua dona se reuniram novamente!

Confira o vídeo abaixo:

Sobre a raça chow-chow

Conhecidos popularmente pela linguinha azul e pelo porte robusto, semelhante a um urso, os cães da raça chow-chow costumam ser quietos, educados, leais e super protetores com seus donos.

Quando treinados, conseguem realizar diferentes tarefas e truques; inclusive, podem ser excelentes cães de guarda.

É difícil um chow-chow passear na rua sem chamar atenção. Por serem muito peludos e visualmente imponentes, estes cães milenares de origem chinesa se destacam como nenhum outro cachorro.

Trata-se de uma das raças mais exóticas do mundo. Especialistas acreditam que eles são resultado do cruzamento entre o mastim tibetano e o spitz, mas sua ancestralidade permanece um mistério.

Há distantes 1300 anos atrás, os chow-chow eram úteis em diversas atividades na sociedade chinesa, como cães de guarda e de tração, uso mais frequentemente adotado pelos camponeses daquela época.

Curiosamente, apesar de hoje serem considerados cães tímidos e introspetivos, eles eram empregados como cães de briga, nas práticas de rinhas.

Os chow-chow vieram para o Ocidente apenas no século XIX, trazidos por comerciantes ingleses. Como era de se esperar, atraíram muita atenção, inclusive da rainha Vitória.

Populares, chegaram a figurar nos antigos zoológicos londrinos do século passado. Em 1903, foi oficialmente reconhecido como uma raça certificada pelo American Kennel Club (AKC).

Ao lado dos cães shih tzu, o chow-chow é a raça trazida do Oriente cada vez mais popular no Brasil!

Fonte: Histórias com Valor

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

publicidade