in , ,

Busca pela imortalidade envolve cientistas e famosos do mundo inteiro

A ideia da imortalidade parece ser mais interessante do que apenas envelhecer. Cientistas têm buscado maneiras de aproximar os seres humanos de uma solução para esse objetivo.

Dois estudos são exemplos nesse sentido:

A ciência e a busca pela imortalidade (3)

Crédito: © pixabay

Cientistas da Universidade Northwestern nos EUA descobriram como desligar o “interruptor genético” que causa envelhecimento, no entanto, ainda não em humanos, apenas em vermes.

Possivelmente, um passo que abre portas para o que pode ser feito em seres humanos no futuro.

Outro estudo foi capaz de reviver ratos velhos, infundindo sangue de ratos jovens.

Os pesquisadores acreditam que este procedimento também pode funcionar em seres humanos.

Contribuição mundial

Grandes nomes ao redor do mundo também têm investido muito dinheiro em pesquisas que podem encontrar, quem sabe, uma resposta.

A ciência e a busca pela imortalidade (2)

Crédito: © pixabay

Algumas celebridades que contribuem para pesquisas:

Larry Ellison: um dos cinco mais ricos do mundo e um dos donos da Oracle.

Sergey Brin: cofundador do Google e da fundação Calico, que tem foco na saúdem bem-estar e longevidade.

Aubrey de Grey: cientista e pesquisador que realizou vários estudos em medicina regenerativa.

Aubrey de Grey e o “Fim do Envelhecimento”

A ciência e a busca pela imortalidade

Crédito: Hotmart/Divulgação

Aubrey de Grey é autor de Ending Aging (2007) e debate sobre a possibilidade da ciência de acabar de vez com o envelhecimento, que considera uma doença e em contrapartida, oferecer a imortalidade para os seres humanos.

Os estudos realizados pelo cientista vão de encontro com as suas afirmações sobre o tema. Ele já chegou a afirmar que chegaríamos a viver mil anos.

Adicionar APP Awebic

Taianne Rodrigues

Written by Taianne Rodrigues

*Anne* na maioria das redes sociais, catlover, jornalista. Escrevo por paixão e por trabalho. Ah! E nas horas vagas também! Sempre tenho algo a dizer e me chamam de miss perguntinha, nem sei porque... rs. Já falei que estou escrevendo um livro? Budista: acredito na Revolução Humana (interior) e potencial humano transformador de todos nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artistas refazem seus desenhos antigos para mostrar como evoluíram

O mar dessa região secou e um incrível cemitério de navios veio à tona