HOMENS: 12 coisas sobre a TPM que você precisa saber (por sua segurança)

Aprenda algumas dicas que vão garantir harmonia!

HOMENS: 12 coisas sobre a TPM que você precisa saber (por sua segurança)
HOMENS: 12 coisas sobre a TPM que você precisa saber (por sua segurança)

Provavelmente você já ouviu falar sobre a tensão pré-menstrual, ou como é conhecida popularmente: TPM. Esse momento faz parte da vida de muitas mulheres e é um dos principais motivos pelos quais elas visitam médicos ginecologistas em busca de auxílio para amenizar o “problema”. 

A verdade é que os sintomas da TPM podem ser vistos com melhores olhos se cada mulher analisar suas questões de forma cíclica e entender as trajetórias percorridas pelos seus corpos no decorrer do ciclo menstrual.

Mas não é exatamente sobre o ponto de vista feminino que iremos falar neste artigo. Ainda que exista muito conteúdo disponível sobre o assunto nos dias de hoje, alguns homens tendem a não acreditar nesse processo e encaram a TPM como frescura ou histeria feminina.

SERÁ QUE ISSO EXISTE MESMO?

Para desmistificar esse conceito negativo, já vou logo avisando que a TPM existe sim! Então se você é um homem desses que não acredita nisso, fique sabendo que a TPM pode até ser usada como princípio atenuante em casos de homicídio. Melhor ficar esperto! 

Brincadeiras à parte, os homens insensíveis precisam saber que mensalmente os hormônios femininos transformam o corpo das mulheres e causam dores de cabeça, cólicas, câimbras, acnes, estresse, alteração emocional e até desmaios.

Isso significa que qualquer coisa nesse período pode ser a gota d’agua para um rompante emocional. Sorte mesmo tem os homens que se relacionam com mulheres que ficam sensíveis e chorosas nesse momento.

Se esse não é o seu caso, e você enfrenta a ira feminina constantemente, fica ligado nas 12 coisas sobre TPM que você precisa saber (para a sua própria segurança)

Se você quer ajudar as mulheres do seu ciclo a se sentirem mais animadas e felizes durante a fase pré-menstrual você precisa ficar atento a essas questões.

12 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A TPM

1 – Nenhuma mulher consegue controlar a TPM se não houver acompanhamento e tratamento corretos. A tensão pré-menstrual ocorre pela queda de hormônios e se você acha que isso torna a convivência insustentável, converse com ela para que busque auxílio médico. Lembre-se de fazer isso quando ela estiver calminha, hein?! 

2 – Se você já sabe bem como a TPM se manifesta nas mulheres com quem convive, respeite-as e ajude-as a enfrentar esse período com tranquilidade! Não citar assuntos delicados ou promover discussões é essencial para os problemas não tomarem uma proporção maior. 

3 – Se você convive com uma mulher que gosta de ficar quieta e mais introspectiva nesse período, ajude-a criando um clima agradável para o recolhimento. Isso tem o enorme poder de faze-las se sentir melhor! 

4 – A ciclicidade feminina faz com que a TPM varie de acordo com as fases. O período pode ser curto e tênue, mas também pode ser extenso e bastante agitado. A sobrecarga do dia a dia acaba acumulando estresse e quando ele coincide com a TPM pode definir se o período será bom ou ruim! 

5 – Que tal propor atividades físicas a uma mulher na TPM? Além da prática contínua ser boa para você, também ajuda a controlar a tensão feminina no período menstrual. 

É comprovado que os exercícios físicos aumentam os níveis de endorfina e serotonina, garantindo a sensação de prazer e bem estar. Nada melhor do que isso em momentos de tensão! 

6 – Assim como praticar exercícios, manter uma boa alimentação também é fundamental para amenizar os sintomas de TPM. Isso inclui ingerir líquidos na quantidade certa para manter a hidratação do corpo.

Esse cuidado ajuda a reduzir o inchaço abdominal provocado pelo momento do ciclo menstrual. Você também pode pesquisar sobre os alimentos que reduzem os sintomas e inclui-los na alimentação da família. 

7 – Não é difícil calcular o ciclo menstrual feminino, sendo assim, anote na sua agenda! Isso com certeza vai facilitar o convívio entre você e as mulheres que estão por perto. 

Essa dica vale principalmente para você, pai que precisa conviver com muitas filhas, além de esposa, mãe e sogra! Mas não se preocupe, na maioria das vezes elas vão fazer questão de se manter longe de você! 

8 – Se você chegou até aqui procurando uma resposta para o relacionamento amoroso, fique sabendo que é normal as mulheres não ficarem afim de transar durante a TPM

Apenas uma pequena parcela feminina apresenta aumento na libido então é bom que você seja compreensivo e paciente. Respeite sua parceira acima de tudo e não deixe de lembra-la o quanto ela é especial!

9 – Em hipótese nenhuma justifique o comportamento de uma mulher com expressões do tipo: “no mínimo deve estar de TPM” ou “você está estressadinha porque está na TPM!”. 

Nenhuma mulher, em suas plenas funções, gostaria de ter um homem justificando seu temperamento, se nem ela mesmo consegue ter controle do efeito dos hormônios em seu corpo. O ideal é que você não faça nenhum comentário desrespeitoso sobre o assunto. 

Se não quer enfrentar a fúria das deusas, acho bom manter o diálogo num nível confortável. Garanto que será o melhor para ela e para você! 

10 – Evite fazer surpresas! É claro que regalos como, bombons e flores reforçam o romantismo e são bons aliados em um momento mais sensível. No entanto, evite surpreende-las com coisas que vocês ainda não entraram em um consenso! 

Sabe aquela tatuagem que você pediu permissão a sua mãe para fazer? A TPM é o pior momento para você aparecer com ela no braço!  

Não consegue entrar em um acordo com a sua esposa sobre adquirir algo novo para a casa? Não invente de comprar logo agora! Do contrário, a terceira Guerra Mundial pode começar bem no meio da sua sala!

11 – Não faça nenhum comentário negativo sobre sua aparência, principalmente se durante a TPM surgirem acnes! Nenhuma mulher gosta de ouvir que algo parece ter vida própria em sua face! 

12 – Não fique o tempo todo sugerindo soluções para o “problema” da TPM! As mulheres estão naturalmente adaptadas aos seus ciclos e sabem exatamente o que fazer para amenizar a tensão. 

  • Respeite isso e deixe-a livre para resolver o que é melhor naquele momento. Afinal, a TPM não é uma doença, os sintomas são provocados por mudanças hormonais capazes de influenciar no dia a dia e bem estar das mulheres. 

Aumentar as vibrações de amor, cuidado e carinho é o melhor que você pode fazer para ajuda-las a passar por isso de forma equilibrada e construtiva. 

publicidade