Conheça duas meninas que fizeram de seus momentos difíceis, motivos para ajudar crianças carentes

Conheça duas meninas que fizeram de seus momentos difíceis, motivos para ajudar crianças carentes

Ser generoso é um dom genuíno!

publicidade

Nós sabemos que é muito comum as pessoas que passam por momentos difíceis, ficaram um pouco desanimadas. No caso dessas garotas, após passarem por situações diferentes em que acabaram precisando ser fortes, começaram a aprender a fazer algo para mudar a vida de outras pessoas.

Lucy Blaylock e Tori Holmes são os nomes das duas garotas que decidiram não ficar paradas, enquanto precisavam ter forças para passar por situações bem delicadas. Estando uma bem distante da outra, dominaram habilidades apenas para ajudar as pessoas que mais precisavam.

Lucy, que mora no Tennessee, decidiu criar um cobertor para presentear uma amiga que está fazendo aniversário. O resultado saiu tão bonito, que decidiu investir mais na costura e continuar a fazer mais cobertores para ajudar outras crianças que poderiam estar passando por momentos mais delicados.

publicidade

Notificando sua mãe e pedindo sua permissão, fez todo um planejamento nas redes sociais para começar a confeccionar. Com o coração cheio de generosidade, conheceu várias outras crianças que estavam a passar por questões difíceis, como doenças, perdas, sofrendo bullying, discriminação e outras situações desagradáveis.

meninas-doam-cobertores-para-crianças-carentes

Com muito amor e carinho, seus cobertores passaram a ser enviados para diversas crianças em estados e muitos países diferentes. E foi pensando em ajudar ainda mais nesse momento super delicado por causa do coronavírus, que decidiu fazer também algumas máscaras para presentear profissionais de saúde.

Já a Tori, que mora no Nova York, estava passando por um momento muito difícil ao lado da sua família, quando sua mãe foi diagnosticada com leucemia. Precisando passar um tempo internada, a garotinha teve que ficar um tempo longe, morando com uma tia.

publicidade

Por causa dessa situação super difícil, que sabemos ainda ser ainda mais delicada quando se trata de uma criança, mostrou ser bem madura ao usar da compaixão para com outras crianças que poderiam estar na mesma situação que a sua. Seja por motivo igual ou diferente, queria apenas levar conforto para quem estivesse separado dos seus pais.

Então, Tori também começou a criar os seus próprios cobertores para distribuir em locais que tivessem abrigando crianças carentes, como em hospitais ou escolas.

meninas-costuram-cobertores-para-crianças-carentes

E em todos eles que confecciona, leva uma mensagem de conforto e recebeu de sua tia quando estava longe de sua mãe:

Tori, você vê aquelas estrelas e a lua? Essas são as mesmas estrelas e a mesma lua que sua mãe está olhando agora”. E sempre que faz um cobertor, deixa escrito uma frase para abraçá-las dizendo: “Embora você esteja separado por rodovias, você está conectado por caminhos estelares”.

publicidade

As duas jovens chegaram a receber o Prêmio Espírito Prudencial da Comunidade, como uma forma de reconhecimento ao estarem fazendo algo que muitas pessoas não esperariam vir de crianças tão maduras e com corações tão generosos.

Mesmo estando bem distante uma da outra, vemos dois exemplos de pequenas pessoas fazendo grandes ações.

Fonte: Inspire More

COMENTÁRIOS | Deixe sua opinião!

comments