in ,

21 fotografias poderosas de olhares expressivos que dizem mais do que palavras

“Os olhos são a janela da alma” — você já deve ter ouvido essa frase incontáveis vezes.

Mas, prepare-se, pois você nunca viu uma coleção de fotos que define tão bem o que essa citação quer dizer.

O pessoal do SantaBanta.com fez uma pesquisa atrás de fotos históricas que mostram como os olhos de uma pessoa podem expressar sentimentos.

Mais do que palavras.

Alegria, ódio, medo, coragem. Esses e mais outros sentimentos podem ser vistos nessa coletânea preciosa.

1. Loucura

Olhares Expressivos (1)

Fonte: xerq.io

Soldado na trincheira durante a Batalha de Courcelette em setembro de 1916. O trauma pós-batalha atingiu muitos soldados na 1ª Guerra Mundial, produzindo reações de pânico, desespero e loucura.

2. Derrota

Olhares Expressivos (2)

Fonte: en.wikipedia.org

Soldado do Exército Vermelho vigia soldado alemão em cativeiro após a Batalha de Stalingrado. Caracterizada por extrema brutalidade, a batalha foi o ponto de virada na frente leste da 2ª Guerra Mundial, impedindo a expansão alemã no território soviético. É considerada a maior e mais sangrenta batalha de toda a história, causando a morte e ferimentos em cerca de dois milhões de soldados e civis.

3. Medo

Olhares Expressivos (3)

Fonte: life.time.com

Jovem soldado alemão de 15 anos, Hans-Georg Henke, chora após ser capturado pelo exército dos Estados Unidos em Rechtenbach, Alemanha, em 3 de abril de 1945.

Adicionar APP Awebic

4. Cansaço

Olhares Expressivos (4)

Fonte: life.time.com

Prisioneiro de guerra americano após ser libertado do campo de prisioneiros da Alemanha pelas Forças Aliadas. Limburg, Alemanha, 1945.

5. Coragem

Olhares Expressivos (5)

Fonte: en.wikipedia.org

Bibi Aisha, 18 anos. Numa prática conhecida como baad, o pai de Aisha prometeu-a para um lutador Talibã quando ela ainda tinha 12 anos como uma forma de compensar o assassinato cometido por um membro da família. Aisha se casou aos 14 anos e foi abusada frequentemente. Aos 18 fugiu, mas foi encontrada pela polícia que a devolveu para sua família. Seu pai novamente a entregou para o marido, que cortou seu nariz, suas orelhas e a deixou para morrer nas montanhas. Ela foi encontrada por trabalhadores voluntários e soldados americanos.

Willian Binder

Written by Willian Binder

Fundador do Awebic. Acredita numa internet mais amigável. ;-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

41 propagandas poderosas de causas sociais para você refletir

17 flores incríveis que parecem ser outras coisas