in

16 fotos assustadoras de dentro de Chernobyl

Faz mais de 30 anos desde o colapso do reator nº 4 na usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, um desastre sem precedentes causado pelo homem que afetou grande parte da Europa.

Os níveis de radiação ainda são altos, mas com um contador Geiger e as permissões corretas, os visitantes podem entrar com segurança na Zona de Exclusão de 28 quilômetros em excursões diárias guiadas.

O que você encontrará vem direto de um filme de terror.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Quando o reator nº 4 foi acionado em 26 de abril de 1986, os bombeiros correram para o local alheios e despreparados para o colapso. Em poucos dias, muitos morreram de doença radioativa aguda. Hoje, o reator é fechado em um enorme sarcófago de aço e cimento, projetado para impedir a entrada de isótopos de urânio na atmosfera. O cimento já vazou lava radioativa, com o reator ainda sendo capaz de causar incêndios e explosões.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Uma cidade soviética modelo, Pripyat, abrigava 50.000 pessoas e atendia à usina adjacente. Foi abandonada às pressas após o colapso e permanece intocada desde então. Tudo dentro da cidade e arredores está contaminado. Vazia e desolada, a natureza está reivindicando esta cidade outrora próspera.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Visitar uma escola antiga é particularmente assustador.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Bonecas com olhares macabros podem ser encontradas quando você se aproxima do berçário. Embora os visitantes sejam fortemente aconselhados a não tocar em nada, alguns itens foram organizados para obter o máximo efeito assustador.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Segundo alguns relatos, estima-se que 6.000 indivíduos – a maioria crianças – foram diagnosticados com câncer de tireoide como resultado direto do colapso de Chernobyl.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Berços enferrujados e enegrecidos no antigo berçário. Você quase pode ouvir as melodias suaves das caixas de música, violentamente interrompidas pelo pânico durante a evacuação. Este não é o lugar para imaginação vívida.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Levará séculos até que qualquer coisa em Pripyat possa ser destruída com segurança. Durante esse tempo, as evidências da humanidade continuarão a desmoronar naturalmente, algumas delas menos graciosamente.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

A propaganda e a iconografia da era soviética são importantes. Pripyat foi construída como uma cidade modelo para demonstrar o poder e a eficiência do Estado, com as instalações de Chernobyl como um símbolo de orgulho nacional. Hoje, oferece uma visão fascinante do passado e a arrogância das ambições políticas do Estado.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

O antigo ginásio, com sua piscina vazia, é um destaque para o visitante. Vidros quebrados e telhas rachadas estão por toda parte. Você pode ouvir seu grito ecoando pela academia e edifícios adjacentes.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Musgo, poeira e arbustos podem parecer benignos, mas esse crescimento absorveu grande parte da radiação. Os visitantes são aconselhados a observar onde pisam e a evitar particularmente o contato com musgo. Todos os visitantes são rastreados na saída quanto à exposição à radiação, com especial atenção às mãos e calçados.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

A feira estava programada para abrir apenas dois dias após o desastre. Essa roda-gigante rangente, enferrujada e radioativa nunca levou um único cliente pagante.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Retratos de líderes do partido comunista foram armazenados nos bastidores do teatro comunitário, junto com adereços e equipamentos antigos. Os assentos estão rasgados e a poeira de décadas permanece pesada no palco.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

Se a sua visita precisar de uma trilha sonora, ouça as cordas desafinadas nesta loja de piano abandonada. O rangido da madeira e o vento resultam em ruídos desarticulados e assobios fantasmagóricos.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

A natureza tem sido notavelmente resistente. Alces, veados, javalis, lobos e ursos foram relatados na área, reproduzindo-se em grande número. Os cientistas não conseguiram detectar mutações em larga escala. A salvo das varas de pesca, esses bagres gigantes nadam no rio de água radioativa próximo ao reator.

fotos assustadoras de chernobyl
Foto: Robin Esrock.

O desastre de Chernobyl poderia ter sido muito pior. Ventos favoráveis salvaram milhares de vidas, separando a pluma e poupando a cidade do impacto da radiação inicial. O governo soviético originalmente planejava construir os reatores a apenas 24 quilômetros da capital ucraniana de Kiev, o que teria devastado uma população concentrada.

Via: Mental Floss.

Thank you for reading!

Awebic

Publicado por Awebic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 fatos impressionantes sobre o Cirque du Soleil

Tomar sol no períneo: a tendência saudável mais idiota de todos os tempos