in , ,

Os locais da Olimpíada em Atenas parecem uma cidade-fantasma. Agora eu me preocupo com o Rio.

A economia grega não está bem e você sabe disso se acompanhou as últimas notícias internacionais. A origem do problema pode vir do planejamento ruim de anos atrás, como a Olimpíada de Atenas em 2004.

O economista e professor Andrew Zimbalist escreveu sobre o custo real de ser anfitrião de grandes eventos esportivos e destacou que a Olimpíada mais recente na Grécia superou em US$ 15 bilhões o orçamento previsto.

Qualquer semelhança com os gastos brasileiros para sediar a Copa do Mundo não é mera coincidência

awebic-olimpiada-atenas-1

Fonte: businessinsider.com

As exigências para sediar um evento esportivo de porte mundial não são poucas e geralmente os governos gastam. Gastam muito com coisas efêmeras como vilas e estádios olímpicos, centro de mídia e imprensa e por aí vai.

No caso dos gregos, os organizadores aprenderam uma dura lição com o fim do evento — Atenas não tinha absolutamente nenhum uso para um centro de canoagem.

Hoje a Grécia é incapaz de pagar suas dívidas. Isso pode ser resultado de péssimas decisões como essas.

Ser anfitrião de uma Olimpíada tem se mostrado ser um péssimo negócio. Tanto é que o Comitê Olímpico Internacional está com dificuldades para escolher as próximas cidades dos jogos.

As imagens que ilustram essa publicação mostram como estão os locais utilizados pelos Jogos Olímpicos de 2004.

Sete mil pessoas assistiram Misty May e Kerri Walsh ganharem medalhas de ouro aqui em 2004

awebic-olimpiada-atenas-2

Adicionar APP Awebic

Fonte: businessinsider.com

awebic-olimpiada-atenas-3

Fonte: businessinsider.com

A Vila Olímpica, que hospedou atletas do calibre de Michael Phelps, é uma cidade-fantasma

Willian Binder

Written by Willian Binder

Fundador do Awebic. Acredita numa internet mais amigável. ;-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se existisse um prêmio de herói da humanidade, este senhor estaria concorrendo ao título

Centenas de estranhos ajudaram garoto com Asperger depois de pedido da mãe no Facebook