Depois de passar 40 dias em coma por Covid-19, enfermeira tem alta comovente
Depois de passar 40 dias em coma por Covid-19, enfermeira tem alta comovente

Depois de passar 40 dias em coma por Covid-19, enfermeira tem alta comovente

Um gesto que nos ensina o verdadeiro valor!

publicidade

Com o enfrentamento da pandemia de Covid-19 os profissionais de saúde estão sendo mais heróis do que nunca, e uma verdadeira lutadora é a enfermeira Ayesha Ordana. Ela participou da linha de frente do combate à doença e acabou se contaminando, e depois de passar 40 dias em coma, ganhou alta.

Ayesha tem 52 anos e trabalha no hospital Bradford Royal Infirmary, do Reino Unido. Ela acabou se infectando ainda em maio e passou 67 dias internada por complicações do vírus, sendo que 40, foram em coma.

Quando recebeu alta no fim de julho, ela recebeu uma homenagem comovente. Num gesto de respeito e gratidão: todos os funcionários do hospital aplaudiram a enfermeira e comemoraram sua superação.

publicidade

Quero estender a minha gratidão a todos os funcionários que cuidaram de mim, eles me mantiveram viva, me incentivaram e estiveram lá comigo o tempo todo. Eu sinto que tive uma segunda chance na vida. Eu sou uma sortuda”, conta.

Ayesha passou por maus bocados, mas como a batalhadora que é, suplantou todas as dificuldades. Como ela mesmo disse, foi uma ‘segunda chance na vida’.

Toda essa emoção foi registrada em um vídeo divulgado pela Bradford Teaching Hospitals NHS Foundation Trust. É possível ver nas imagens o momento em que Ayesha é guiada numa cadeira de rodas enquanto toda a equipe faz fila para recebê-la de braços abertos!

publicidade

A principal responsável por cuidar de Ayesha foi Sonya Tetley, superintendente de cardiologia e respiração do centro médico.

Estamos absolutamente maravilhados com a alta de Ayesha hoje. Ela está no hospital há muito tempo e foi muito traumático para ela, mas ela teve uma recuperação brilhante e estamos muito orgulhosos dela”, contou Sonya orgulhosa.

Ayesha merece todo nosso respeito e admiração, afinal, sua contribuição para a sociedade é essencial, assim como todos os profissionais de saúde.

Aprendi muito com essa jornada, é muito difícil ser paciente quando se é enfermeira! Eu entendo muito agora sobre como é importante estar lá para seus pacientes, passar um tempo conversando com eles e tentar acalmar. Seja paciente com seus pacientes”, concluiu a enfermeira.

Ayesha se emocionou muito com a homenagem

Os profissionais de saúde lutam por nós!

Assim como Ayesha, milhões e milhões de trabalhadores da saúde estão há meses na linha de frente do combate à essa pandemia. Eles se arriscam para que nós possamos ter a maior segurança possível nesse momento tão difícil.

publicidade

Esses profissionais são verdadeiros heróis! Colocando a própria saúde e a de seus familiares em segundo plano para que possam cuidar da população.

Infelizmente boa parte deles não recebe o devido valor que tanto merecem, principalmente em muitos países, onde existe uma grande falta de acolhimento quanto aos salários que de fato merecem receber.

De qualquer forma, o que nós podemos fazer é ter gratidão e demonstrar reconhecimento por todos esses guerreiros que lutam diariamente pela nossa saúde e segurança.

No momento, uma das maneiras práticas de ajudar é seguir as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e manter o isolamento social. Assim podemos reduzir os riscos da pandemia para eles e para nós mesmos.

As informações são do Shropshire Star