in , ,

Artista eterniza fotos da infância através de tatuagens minimalistas

Sabe aquela foto que representa a sua infância inteira?

Sim, aquela mesmo.

Aquela foto com seus irmãos. Ou aquela foto em que você estava aprontando alguma brincadeira. Ou, ainda, aquela foto linda e fofa com seus pais.

É este tipo de foto que o turco Alican Gorcu (também conhecido como @PigmentNinja) transforma em tatuagem.

Tatuagem Minimalista (5)

Eternizando momentos nostálgicos.

A proposta do tatuador é muito simples — ele gosta de dizer que transforma seus clientes em álbuns vivos.

Tatuagem Minimalista (4)

Usando fotos antigas como guia, Alican torna inesquecível a boa memória de infância das pessoas com um estilo único. Para ele, o estilo é “minimalista retro”.

Leia também: Um estilo de vida minimalista não é sobre suas posses

Fotógrafo de formação.

Em entrevista para o Bored Panda, o artista conta que se formou em fotografia.

Tatuagem Minimalista (3)

“Eu segui a carreira do meu diploma por apenas três meses. Eu era assistente num estúdio de tatuagem onde trabalhei por três anos.

“Mas eu precisava fazer mais dinheiro, então ou eu seguiria a carreira tradicional corporativa ou eu me dedicava 100% em tatuar.

Adicionar APP Awebic

Tatuagem Minimalista (2)

“Eu fiz a conexão entre a minha formação e o que eu queria fazer. Eu desenhei pôsteres de um monte de filmes que eu gostava e fiz o possível para transformar isso em tatuagens para outras pessoas.

“Eu aprimorei minha ideia original e comecei a trabalhar com fotos antigas. É uma sensação incrível tatuar fotografias que foram tiradas em épocas e lugares diferentes.

Tatuagem Minimalista (1)

“Por exemplo, eu tatuei a fotografia da década de 1960 de uma família no México, e uma outra foto de uma família nos EUA na década de 1980.”

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esta modelo se recusa a fazer sua monocelha e está conquistando fãs por isso

25 gatos com a pelagem mais rara que você já viu