Empresa consegue desenvolver remédio contra a Covid-19

Esse comprimido pode mudar completamente a situação atual!

Empresa consegue desenvolver remédio contra a Covid-19
Empresa consegue desenvolver remédio contra a Covid-19

A empresa americana Pfizer anuncia descoberta de um novo comprimido que é uma promissora arma na luta contra o Covid-19. O remédio teve eficácia de 89% em sua fase de testes. 

O estudo foi feito com 1.219 pessoas que apresentavam sintomas em seu estágio inicial. A eficácia do medicamento só foi garantida quando usado ainda nos primeiros três dias da doença. 

Dos pacientes que fizeram uso do comprimido após este prazo apenas 0,8% foram hospitalizados ou foram a óbito, em comparação aos 7% dos que receberam um placebo. 

Te interessa?

Apesar de ainda não ter sido publicado em nenhuma revista médica, a descoberta municia os estados com mais uma arma na luta contra o vírus. Países como Estados Unidos e Inglaterra já saíram na frente fazendo encomenda dos remédios para tratamento da sua população.

“Se for autorizado pela FDA, em breve podemos ter comprimidos que tratam o vírus em quem for infectado. O tratamento seria outra ferramenta para proteger as pessoas dos piores resultados da Covid.” Afirmou o presidente americano Joe Biden.

Empresa consegue desenvolver remédio contra a Covid-19
Empresa consegue desenvolver remédio contra a Covid-19

O medicamento chamado Paxlovid, não exclui a necessidade da vacinação, visto que o ideal é a imunização do vírus que garante o não contágio. O remédio é indicado para tratamento de pessoas já infectadas.

“O fato de termos um tratamento não é de jeito nenhum razão para não tomarmos a vacina. Na verdade, devemos tomar a vacina. Infelizmente, alguns contrairão a doença” disse o diretor da Pfizer.

Esse é o segundo medicamento que promete resultados satisfatórios no combate ao vírus, o primeiro é o da farmacêutica Merck. 

Gota de esperança

Com um total de 220 milhões de casos, sendo destes 22 milhões no Brasil. O vírus da Covid-19 já alterou toda a forma de sobrevivência humana no mundo. São quatro milhões e meio de mortes que atingiram diversos lares. 

Os hábitos alterados passaram pela mudança na forma de trabalho, estudo e relacionamento. As atividades presenciais passaram a ser remotas e os apertos de mãos e abraços foram resumidos a “murrinhos”. O álcool em gel está por toda a parte.

Enclausurados e tendo que usar máscaras em locais públicos há quase dois anos, o remédio, somado às vacinas, surge como um renovo de fé ante todo o caos trazido pelo vírus. 

O remédio para tratamento do vírus é uma nova esperança de que vidas sejam salvas e nossa rotina volte ao normal. Que os abraços e apertos de mão voltem a ser parte do nosso dia-dia.

“O sucesso desses antivirais marca potencialmente uma nova era em nossa capacidade de prevenir as consequências graves da infecção por SARS-CoV2 [vírus causador da covid-19], e também é um elemento vital para o tratamento de pessoas clinicamente vulneráveis ​​que podem ser incapazes de receber ou responder às vacinas“, afirmou Stephen Griffin, professor associado da Escola de Medicina da Universidade de Leeds, no Reino Unido à BBC

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar