ajuda-social
Projeto Ayudame3D

Engenheiro inova com impressora 3D e cria projeto revolucionário

O que fazer para mudar a vida das pessoas? Esse engenheiro deu um verdadeiro show de amor ao próximo e criou soluções incríveis!

publicidade

Um jovem decidiu se envolver com um universo diferente. Ao adquirir uma impressora 3D, passou a usar o seu tempo para aprender a dominar o objeto e como se tornar um verdadeiro mestre no assunto. 

E ao reconhecer que poderia ir muito mais além do que meros brinquedos ou outros objetos, Guillermo Martinez, com 24 anos, decidiu tomar um rumo diferente em seu profissão e escolheu fazer algo que estaria mudando a vida de muitos. 

Ao se manter sempre em prática com o manuseio das impressões, decidiu pensar de forma diferente e resolveu que passaria a criar algo que pudesse ajudar as pessoas que estavam precisando de algo a mais.

publicidade

Então, usando os vídeos de tutorias na plataforma do YouTube, Guillermo aprendeu a desenhar e fazer vários protótipos que acabaram servindo de próteses. 

Aproveitando uma viajem que estava fazendo para o Quênia, chegou a entrar em contato com uma ONG local à procura de pessoas que poderiam estar se beneficiando do seu trabalho.

AYUDAME3D
Foto: Instagram

O que o engenheiro não esperava como resposta, era saber que várias pessoas de locais mais carentes haviam certas necessidades, das quais não poderiam ser substituídas,por falta de dinheiro.

As próteses criadas por Guilhermo então, acabaram chegando em um momento certo. Sabendo que ainda teria muitos caminhos pela frente, não chegou a parar em nenhum momento.

publicidade

Sendo fabricadas pelo engenheiro em um baixo custo, passou a distribuir as peças para os membros da comunidade de forma gratuita. Ayúdame3D (Ajuda-me 3D) foi um projeto criado pelo engenheiro para auxiliar essa distribuição. 

A maioria das suas criações eram para substituir a falta de braços, que sempre é feito de plástico, tornando então, um material mais leve e mais confortável ao ser usado pelos quenianos diariamente.

Com muita alegria ao ouvir de um dos que moradores locais, pôde participar de mais uma realização emocionante: “finalmente poderei pegar um garfo com uma mão e pão com a outra”, confessou um rapaz que foi beneficiado.

Se emocionando com o feito, hoje Guilhermo distribui próteses em vários outros locais mais carentes e não pensa em parar com o projeto. Pelo contrário, só pensa em ajudar mais e mais!

“Há coisas cotidianas que fazemos em nossas vidas diárias que tomamos como garantidas”, confessou o engenheiro cheio de gás e gratidão.

publicidade

COMENTÁRIOS | Deixe sua opinião!

comments