Enquanto Europa sofre para abrigar refugiados, Arábia Saudita teria espaço para 3 milhões de pessoas

As tendas têm até ar condicionado.

Enquanto alguns países europeus estão sofrendo para abrigar refugiados – e até sendo alvo de críticas -, a Arábia Saudita não registrou nenhum imigrante oficialmente até agora.

Mas o que ninguém sabe é que o país tem 100.000 tendas com ar condicionado (sim, é sério!) que estão completamente vazias.

As tendas ficam na cidade de Mina e estão espalhadas por um vale de 20 km².

O mais revoltante é que esse espaço é usado apenas 5 dias por ano para hospedar peregrinos. Nos outros 360 dias, Mina permanece praticamente deserta.

tendas-arabia-saudita-1

As tendas, de 64m² cada, foram construídas pelo governo saudita na década de 1990 e passaram por melhorias em 1997 para se tornarem à prova de fogo.

Elas são divididas em campos que incluem instalações de cozinha e banheiro.

O complexo inteiro poderia fornecer abrigo para a maior parte dos 4 milhões de refugiados sírios que saíram do país devido à guerra civil.

Embora a Arábia Saudita afirme ter recebido 500.000 sírios desde 2011, grupos de direitos humanos apontam que essas pessoas não estão autorizadas a registrar-se como migrantes. Em comparação, o Líbano aceitou 1,3 milhões de refugiados – mais de um quarto de sua população.

tendas-arabia-saudita-2

tendas-arabia-saudita-3

Os sauditas defendem que as tendas em Mina são necessárias para sediar a peregrinação islâmica anual a Meca.

O assunto é polêmico e desperta revolta, principalmente pelo fato de que o islamismo prega que os muçulmanos deveriam proteger e acolher uns aos outros.

tendas-arabia-saudita-4

tendas-arabia-saudita-5

tendas-arabia-saudita-7

tendas-arabia-saudita-8

O que você acha? Os países deveriam fazer o máximo possível para ajudar refugiados?

Deixe sua opinião nos comentários.

Fonte: infowars.com.

publicidade