40 anos com meditação me mostrou que quase todo mundo não a entende

A meditação é um compromisso vitalício, não uma atividade para o fim de semana.

publicidade

Você vai notar que o título é 40 anos com meditação e não 40 anos de meditação.

O primeiro indicando que a meditação tem sido parte da minha experiência geral na vida e o segundo implica que meditei todos os dias durante quarenta anos.

Este último é virtualmente impossível para simples mortais como eu.

publicidade

Qualquer um que lhe disser que se dedicou todos os dias durante quarenta anos está mentindo, não tem uma vida ou está preso a um monastério onde é obrigado a meditar todos os dias.

Veja, a meditação é simplesmente difícil demais para a maioria de nós.

Isso porque a meditação não é fácil nem simples, embora pareça que seja. Afinal, o que pode ser mais fácil do que sentar, ficar quieto e não pensar?

Qualquer um que tenha tentado isso admitirá que é uma das coisas mais difíceis de tentar.

publicidade

No entanto, nos últimos anos, a prática da meditação como parte de um chamado regime de plenitude tornou-se parte da consciência do público geral.

Agora os funcionários de empresas estão em retiros de plenitude e o CEO medita antes de fechar grandes negócios.

Agora há especialistas que expõem os méritos da meditação (quando e como eles se tornaram especialistas?) para clientes que vão de bancos a escolas.

De acordo com esses especialistas, a meditação faz tudo isso:

  • Reduz o estresse
  • Aumenta a felicidade
  • Retarda o envelhecimento
  • Melhora a concentração
  • Melhora a saúde
  • Incentiva um estilo de vida saudável

O que ninguém entende sobre a meditação

publicidade

Meu Deus, há até pesquisas sendo feitas sobre a mudança que acontece no cérebro quando você medita – como se você pudesse medir o não linear com uma engenhoca de ressonância magnética!

Os cientistas e todas as suas engenhocas nunca descobrirão o que é meditação ou como ela pode beneficiar você.

Você tem que meditar para descobrir. E os resultados não dependem de você ou de seus esforços.

Fazer pesquisa sobre meditação é como escrever um livro de receitas sem obter os ingredientes e cozinhar um prato.

Você tem que sair e pegar os ingredientes, fazer um prato e depois reportar seus resultados.

Você tem que se sentar e entregar todos os seus pensamentos e ideias sobre o que é meditação, a fim de vislumbrar uma fração do mistério que se desdobra no tempo.

Não é a próxima solução fácil para a angústia da sociedade.

Entenda isso:

A meditação não é uma técnica de relaxamento. Isso não lhe trará paz e não reduzirá seu estresse.

A meditação não foi criada para que você se sinta melhor consigo mesmo e com a vida. É uma prática espiritual séria que você é mal aconselhado a tentar sem um guia espiritual.

Quando você fica quieto na meditação, e no começo até mesmo manter o corpo imóvel é uma luta enorme, a mente e todos os seus lacaios começam sua tagarelice sem sentido e incessante.

Acredite, não há nada de pacífico nisso. A maioria dos iniciantes apenas se levanta e desiste de acalmar a mente após algumas tentativas.

Outros, mais persistentes, insistem um pouco mais. Raros são aqueles que se comprometem com a prática regular, não importa o quê.

O que ninguém entende sobre a meditação

Por que é tão difícil meditar para acalmar a mente?

É porque estamos tentando fazer algo que é impossível. Você não pode usar sua mente para acalmar sua mente. É loucura.

É algo assim:

“Eu devo me concentrar agora, e observar meus pensamentos e pará-los quando eles vierem. Caramba! Eu esqueci de ligar para o Pedro sobre…”

Poucos minutos depois, você percebe que esteve pensando em Pedro, em sua casa, em sua mãe e na última vez que estiveram juntos e…

Toda uma sessão de meditação passa e você se levanta frustrado, acreditando que nada foi alcançado. Você não se sente relaxado e não se sente menos estressado, sente-se frustrado.

E se isso continuar por muito tempo, você desiste. É difícil não desistir.

Mas também é difícil, por outro lado, não continuar, porque de uma maneira estranha, você sente falta da frustração.

Então você tenta de novo. E isso continua por anos.

O que ninguém entende sobre a meditação

Lentamente, você começa a perceber seu desamparo nesse esforço. Você começa a se render.

A tudo: seu desejo imaginário de acalmar a mente, sua necessidade de paz e segurança, sua necessidade de respostas.

Você desiste de tudo.

Você não tenta se concentrar; você simplesmente senta. E deixe ser o que será.

É instrutivo ter em mente que quando você se senta para meditar, sua mente está 90% quieta. Apenas temos consciência dos 10% que são barulhentos e ativos.

Essa pérola do conhecimento me ajudou muito. Basta ir para a quietude que já está lá, procure por isso. Mantenha isso em sua consciência.

A meditação não é uma cura para as doenças do mundo. É um compromisso sério de um indivíduo seguir um caminho espiritual para a consciência total.

É um compromisso vitalício, não uma atividade para a hora do almoço ou fim de semana.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Ideapod escrito por Zenda Nel.

Imagens: pexels.com e pixabay.com

Gostou do conteúdo? Comente e compartilhe com seus amigos!