14 esculturas incríveis que desafiam a lei da gravidade

Esses artistas transformaram coisas aparentemente impossíveis em artes reais.

publicidade

Ao redor do mundo e até pela internet – diga “alô, tecnologia moderna!” – uma pessoa é capaz de descobrir esculturas fascinantes.

Seus criadores simplesmente acabaram com as tradições que comandavam o mundo da arte.

Não dá para não se impressionar com a maneira com que esses artistas transformam coisas aparentemente impossíveis em arte real.

publicidade

Confira abaixo 14 esculturas que deixariam Isaac Newton de cabelos em pé.

1. Wonderland (País das Maravilhas), Canadá

A coisa mais bacana sobre essa estátua em Calgary, no Canadá, é que é possível entrar nela.

Por fora, essa estrutura de 12 metros de altura feita com arames, tem a forma de uma cabeça; por dentro, é um outro mundo.

publicidade

A escultura é de autoria do artista espanhol Jaume Plensa.

2. Karma (Carma), Estados Unidos

A obra do artista coreano, Do-Ho Suh, recebe visitantes na Galeria de Arte Albright-Knox, em Nova York.

A estupefação é imediata! A estátua tem apenas 7 metros de altura, mas parece interminável.

3. Last Supper (Última Ceia), Estados Unidos

publicidade

A escultura de Albert Szukalski na cidade fantasma de Rhyolite, no estado de Nevada, nos Estados Unidos, é a releitura do autor da obra “Fresco” de Leonardo DaVinci.

Posicionada no cenário do famoso Vale da Morte, a figura fica ainda mais misteriosa e intrigante à noite, quando é iluminada por dentro com luzes especiais.

4. Diamonds (Diamantes), Austrália.

Essa foto não foi girada. O artista neozelandês, Neil Dawson, cria esculturas que levitam.

O efeito acontece por causa de fios praticamente imperceptíveis.

5. Escultura Equilibrista, Dubai

Essa estátua de bronze equilibrista desafia completamente as leis da física.

Como a obra do autor polonês, Jerzy Kedziora, simplesmente não vira sobre sua própria gravidade é um mistério a todos.

6. Monument to the violinist (Monumento do violinista), Holanda

Na famosa sala de concertos Stopera, em Armstedã, capital da Holanda, o chão de mármore foi quebrado para instalar a escultura do violinista.

O autor desta obra é desconhecido.

7. Porsches no Festival de Velocidade, Reino Unido

Gerry Judah é o autor desta incrível obra com carros que parecem correr em direção ao infinito.

Como parte do Festival Anual de Velocidade em Goodwood, ele conseguiu o patrocínio das marcas automotivas mais famosas do mundo.

8. Diminish and Ascend (Diminuir e Subir), Austrália

Jimmy Page e Robert Plant, guitarrista e vocalista da banda Led Zeppelin, ficariam felizes em saber que a escada para o paraíso (Starway to Heaven) realmente existe.

A obra de David McCracken, que está instalada em Sydney, Austrália, e tem um segredo.

Cada degrau é um pouco menor que o anterior. Assim, quando você olha para a escada, ela parece infinita.

10. The Inevitability of Time (A imposição do tempo)

O artista grego Adam Martinakis cria esculturas digitais do gênero arte virtual futurista.

Só é possível ver seu trabalho pela internet ou impressões.

10. Features of Gravity for the Elephant (Características da Gravidade para o Elefante), França

A escultura de Daniel Firman está no Castelo de Paris da Fontainebleau.

A obra foi dedicada à teoria do autor de que um elefante é capaz de se equilibrar sobre sua própria tromba, a uma altura de 18 km do nível do chão.

11. Runner (Corredor), Grécia

A obra grega “Dromeas”, de Costas Varotsos, está em Atenas. O que é intrigante sobre essa escultura é que, independentemente do ângulo em que é observada, ela parece estar em movimento.

Essa obra colossal foi criada com um número impensável de pedaços de vidro verde.

12. Esculturas subaquáticas, México

O artista Jason Taylor é especialista em criar parques subaquáticos diferentes nas mais distantes partes do mundo.

Vai ser difícil tirar uma selfie com essa obra!

Involution (Involução)

Chad Knight é um outro representante da arte digital. Suas esculturas virtuais são posicionadas em cenários bem próximos da realidade.

As imagens parecem vivas!

Ali e Nino, Georgia

Essa obra dinâmica é de autoria de Tamara Kvesitadze e foi inspirada na história de amor dos dois personagens.

As figuras ficam em movimento: primeiro uma em direção à outra, fundindo em uma estrutura única, e, depois, se separando em um rompimento inevitável.

Ajude-nos a levar a beleza dessas obras para todos

Se você gostou do que viu por aqui, compartilhe com os seus amigos.

Fonte: brightside.me