14 esculturas incríveis que desafiam a lei da gravidade

Esses artistas transformaram coisas aparentemente impossíveis em artes reais.

Ao redor do mundo e até pela internet – diga “alô, tecnologia moderna!” – uma pessoa é capaz de descobrir esculturas fascinantes.

Seus criadores simplesmente acabaram com as tradições que comandavam o mundo da arte.

Não dá para não se impressionar com a maneira com que esses artistas transformam coisas aparentemente impossíveis em arte real.

Confira abaixo 14 esculturas que deixariam Isaac Newton de cabelos em pé.

1. Wonderland (País das Maravilhas), Canadá

A coisa mais bacana sobre essa estátua em Calgary, no Canadá, é que é possível entrar nela.

Por fora, essa estrutura de 12 metros de altura feita com arames, tem a forma de uma cabeça; por dentro, é um outro mundo.

A escultura é de autoria do artista espanhol Jaume Plensa.

2. Karma (Carma), Estados Unidos

A obra do artista coreano, Do-Ho Suh, recebe visitantes na Galeria de Arte Albright-Knox, em Nova York.

A estupefação é imediata! A estátua tem apenas 7 metros de altura, mas parece interminável.

3. Last Supper (Última Ceia), Estados Unidos

A escultura de Albert Szukalski na cidade fantasma de Rhyolite, no estado de Nevada, nos Estados Unidos, é a releitura do autor da obra “Fresco” de Leonardo DaVinci.

Posicionada no cenário do famoso Vale da Morte, a figura fica ainda mais misteriosa e intrigante à noite, quando é iluminada por dentro com luzes especiais.

4. Diamonds (Diamantes), Austrália.

Essa foto não foi girada. O artista neozelandês, Neil Dawson, cria esculturas que levitam.

O efeito acontece por causa de fios praticamente imperceptíveis.

5. Escultura Equilibrista, Dubai

Essa estátua de bronze equilibrista desafia completamente as leis da física.

Como a obra do autor polonês, Jerzy Kedziora, simplesmente não vira sobre sua própria gravidade é um mistério a todos.

6. Monument to the violinist (Monumento do violinista), Holanda

Na famosa sala de concertos Stopera, em Armstedã, capital da Holanda, o chão de mármore foi quebrado para instalar a escultura do violinista.

O autor desta obra é desconhecido.

7. Porsches no Festival de Velocidade, Reino Unido

Gerry Judah é o autor desta incrível obra com carros que parecem correr em direção ao infinito.

Como parte do Festival Anual de Velocidade em Goodwood, ele conseguiu o patrocínio das marcas automotivas mais famosas do mundo.

8. Diminish and Ascend (Diminuir e Subir), Austrália

Jimmy Page e Robert Plant, guitarrista e vocalista da banda Led Zeppelin, ficariam felizes em saber que a escada para o paraíso (Starway to Heaven) realmente existe.

A obra de David McCracken, que está instalada em Sydney, Austrália, e tem um segredo.

Cada degrau é um pouco menor que o anterior. Assim, quando você olha para a escada, ela parece infinita.

10. The Inevitability of Time (A imposição do tempo)

O artista grego Adam Martinakis cria esculturas digitais do gênero arte virtual futurista.

Só é possível ver seu trabalho pela internet ou impressões.

10. Features of Gravity for the Elephant (Características da Gravidade para o Elefante), França

A escultura de Daniel Firman está no Castelo de Paris da Fontainebleau.

A obra foi dedicada à teoria do autor de que um elefante é capaz de se equilibrar sobre sua própria tromba, a uma altura de 18 km do nível do chão.

11. Runner (Corredor), Grécia

A obra grega “Dromeas”, de Costas Varotsos, está em Atenas. O que é intrigante sobre essa escultura é que, independentemente do ângulo em que é observada, ela parece estar em movimento.

Essa obra colossal foi criada com um número impensável de pedaços de vidro verde.

12. Esculturas subaquáticas, México

O artista Jason Taylor é especialista em criar parques subaquáticos diferentes nas mais distantes partes do mundo.

Vai ser difícil tirar uma selfie com essa obra!

Involution (Involução)

Chad Knight é um outro representante da arte digital. Suas esculturas virtuais são posicionadas em cenários bem próximos da realidade.

As imagens parecem vivas!

Ali e Nino, Georgia

Essa obra dinâmica é de autoria de Tamara Kvesitadze e foi inspirada na história de amor dos dois personagens.

As figuras ficam em movimento: primeiro uma em direção à outra, fundindo em uma estrutura única, e, depois, se separando em um rompimento inevitável.

Ajude-nos a levar a beleza dessas obras para todos

Se você gostou do que viu por aqui, compartilhe com os seus amigos.

Fonte: brightside.me

publicidade