Essa pergunta pode SALVAR seu casamento (e sua VIDA) da infelicidade eterna

Será você o problema do seu casamento? Entenda como essa pergunta pode salvar o seu casamento de um futuro infeliz e incerto!

Essa pergunta pode SALVAR seu casamento (e sua VIDA) da infelicidade eterna
Essa pergunta pode SALVAR seu casamento (e sua VIDA) da infelicidade eterna

Você já pensou na possibilidade de salvar o seu casamento em ruínas apenas fazendo uma simples pergunta?

Quando as coisas no matrimônio começam a dar errado, é muito fácil colocar a culpa no cônjuge, não é mesmo?

Mas se o problema de tudo está dando errado no seu casamento seja você, o que você faria? E se o problema está sendo você?

Eu sou o problema?

Esse tipo de pergunta tem o poder de solucionar horas e horas de discussão de um casal em um casamento arruinado.

Em momentos de crises no casamento você já se fez essa pergunta ou só culpa o seu cônjuge por tudo de errado?

É muito importante que você faça uma autoanálise de tudo que se passa dentro de sua casa. Faça perguntas capazes de mostrar para você onde você está errando, como:

  • Eu sou o culpado pelo fracasso do casamento?
  • O que estou errando como marido/esposa?
  • O que devo fazer para melhorar meu casamento?
  • O que estou fazendo de errado?

São essas e outras perguntas que fará com que você analise os fatos e reconheça que pode ser você o .problema de todas as brigas e discussões no casamento.

sou-problema-casamento

Como saber se o problema do casamento sou eu?

Você quer saber como salvar o seu casamento e a sua vida da infelicidade eterna? Então se pergunte o que você está fazendo de errado e tente consertar.

Confira a seguir alguns sinais de que você está sendo o problema no seu casamento. Depois de identificar os seus erros, procure de imediato reparar os erros.

1 – Não admitir quando está errado

Você é um adulto e todos os adultos que querem uma vida feliz almejam que o seu casamento dure. Para que a sua vida junto com o seu cônjuge dê certo, .você precisa parar de apontar sempre o seu dedo julgador.

Aprenda a assumir responsabilidades pelos erros que você cometeu com o seu parceiro ou parceira. Não admitir que você é o responsável pelo erro é um sinal de que você é o foco do problema no seu casamento.

58 Frases de Indiretas para Ex: mostre que superou com classe!

Os homens e as mulheres que culpam sempre o outro na relação sempre acreditam que o problema é sempre da outra e não sua.

Em vez de você se concentrar se o seu cônjuge que errou, que tal .você analisar os pontos e chegar a uma conclusão de que você pode ser o problema? Isso é simples!

sou-problema-casamento

2 – Não ficar no assunto em uma discussão

Se você é uma pessoa que no meio de uma conversa acalorada sobre uma coisa traz a torna um outro assunto do .passado que não tem nada haver como presente, com certeza o problema do seu casamento é você.

Em uma conversa ou até mesmo em uma discussão com o seu cônjuge, é muito importante que você mantenha a coerência do diálogo.

Você não pode ser a pessoa que “desenterra coisa do passado” no seu relacionamento. Isso é uma coisa muito ruim para o convívio dos dois em um matrimônio.

Consiga ter esse HÁBITO com seus filhos e CRIE pessoas incríveis

3 – Assumir coisas que não fazem parte do problema

Se você é uma pessoa que se acha parcialmente culpado pelo estado do seu casamento infeliz, parabéns, você é o problema.

Para que isso fique mais claro, ninguém, absolutamente ninguém é totalmente inocente em um relacionamento.

É muito importante que você seja honesto sobre os seus erros e falhas, como também pontos não resolvidos no seu casamento para que o problema não seja você.

sou-problema-casamento

Os problemas em um casamento não acontecem do nada, pois quando o relacionamento entre o homem e a mulher está bem, .é porque os dois estão fazendo a sua parte para que isso dê certo.

Já quando existe alguma coisa ruim, é responsabilidade de ambos no casamento trabalhar para que isso se resolva.

Esses 12 sinais acontecendo mostram que provavelmente seu parceiro está te traindo

4 – Ficar infeliz consigo mesmo

Por mais que isso pareça batido nos relacionamentos, você realmente precisa amar a si mesmo antes de poder oferecer um amor de qualidade a outra pessoa.

Só depois disso você entenderá que ficar calado e infeliz consigo mesmo não vai resolver nada.

Ficar calado e não expressar em palavras tudo o que você está pensando e sentindo não vai levar a nada no seu casamento.

Se você está se sentindo infeliz e desconfortável com o seu casamento mas não fala nada, esse sentimento guardado um dia vai estourar.

Está zangado com alguma coisa? Está deprimido ou alguma parte da sua vida está deixando você mal emocionalmente? Então fala para o seu cônjuge. A culpa é toda sua se você é calado e não mantém um bom diálogo no casamento.

sou-problema-casamento

5 – Não falar

É emocionalmente exaustivo estar com uma pessoa em um relacionamento que não fala antes, durante ou depois de uma discussão. 

A próxima vez que você e seu cônjuge  entrarem em uma discussão longa sobre quem lava mais roupas ou qualquer outra coisa, chame um tempo limite. 

O problema do seu casamento não está indo bem pode ser você não querer falar quando for a necessidade.

Depois de se acalmar, encontre uma solução que faça sentido para vocês dois. Não recorra ao tratamento silencioso, fale.

Não seja o problema da sua família e do seu casamento só porque você não quer falar sobre os seus sentimentos e emoções com o seu cônjuge.

Repare nessas 12 coisas que toda mulher faz quando está apaixonada

6 – Ficar só olhando o pior do cônjuge

Quando você e o cônjuge  estiverem resolvendo algum problema, dê a ele o benefício da dúvida

O seu parceiro ou sua parceira provavelmente não está tentando extrair o argumento e não está tentando machucar você. 

Muito provavelmente, o seu cônjuge também quer deixar o assunto para trás o mais rápido possível.

sou-problema-casamento

Para que você não seja o motivo de todas as brigas e o grande problema do seu casamento, pare de ficar apontando só o lado ruim do seu cônjuge.

Você precisa entender que todas as pessoas erram, inclusive o seu parceiro ou parceira de casamento. 

7 – Deixar o cônjuge fazer tudo

Um bom casamento é uma parceria de iguais. Consequentemente, as responsabilidades devem ser divididas igualmente entre os dois.

Não seja o problema do seu casamento deixando com que o seu cônjuge faça tudo sozinho, não permita que o seu parceiro ou parceira leve toda a família nas costas.

Você gostou de saber mais sobre problemas no casamento e se .você pode ser o grande obstáculo para a felicidade no casamento? Então não perca mais tempo e compartilhe com os seus amigos e familiares.

publicidade