Essas são as 7 leis que interagem com o universo através do ocultismo
Essas são as 7 leis que interagem com o universo através do ocultismo

Essas são as 7 leis que interagem com o universo através do ocultismo

Reflita sobre esses ensinamentos!

publicidade

Se você é um entusiasta do esoterismo, provavelmente já ouviu falar sobre as 7 Leis Herméticas atribuídas a Hermes Trismegisto. Esses princípios estão dispostos no livro “O Caibalion” que compila informações sobre a filosofia conhecida como Hermetismo e aborda reflexões sobre o comportamento humano e todas as outras coisas. 

EXPANSÃO DA FILOSOFIA 

Muito mistério existe em torno do Caibalion. O livro foi publicado em 1908 sob o pseudônimo de “os Três Iniciados”. Seu título é de origem hebraica e carrega em seu conteúdo a essência do conhecimento expandido por Hermes. 

Essa sabedoria básica define a forma como o universo influencia e reage a determinadas situações. O material serviu para embasar o Novo Pensamento e antecipou diversos conceitos que só foram popularizados no século XXI. 

publicidade

A filosofia hermética busca a mais nobre essência que possa ser equivalente entre todas as religiões, tornando sua sabedoria impar e acessível para todos. Seu idealizador buscou através dos estudos agregar as leis universais a alquimia e as questões técnicas.

Kybalion

Com certeza você já deve ter ouvido falar sobre “fechamento hermético”. Esse conceito deriva da filosofia e é utilizado para definir coisas bem fechadas. Hermes foi um grande estudioso das forças ocultas e por isso se dá a utilização do termo. 

Essa magia era utilizada e ensinada por Hermes para fechar a passagem energética de pessoas e objetos, explicando assim o surgimento da expressão. Para a astrologia, os conceitos filosóficos de Hermes se aplicam em busca da verdade universal.

publicidade

Esse pensamento impacta diretamente as religiões, que independente da origem ou da crença, bebem da fonte hermética. Por ter suas primeiras influencias surgindo no Antigo Egito, local de grande troca cultural, as leis se difundiram rapidamente para outras regiões, sendo absorvidas por diversos povos e culturas. 

caibalion

Além dos filósofos Sócrates e Platão, as religiões cristãs e muçulmana também fazem abordagens espirituais inspiradas nas leis. 

Entre as obras de destaque associadas a Hermes estão, Corpus Hermeticum e a Tábua de Esmeralda. O livro em 1908, reúne a essência de seus ensinamentos e as 7 Leis Herméticas, no entanto, até hoje não se descobriu a verdadeira autoria do texto. 

QUEM FOI HERMES TRISMEGISTO 

Até hoje a verdade sobre Hermes é discutida entre historiadores e filósofos. Isso porque uma das possibilidades é que ele tenha sido uma espécie de ser sobrenatural, detentor de uma grande sabedoria capaz de transformar a percepção das pessoas. 

publicidade

A história por trás disso, associa Hermes a um Deus alexandrino que possuía discípulos responsáveis por difundir suas ideias. No entanto, outro grupo acredita que Hermes realmente existiu em sua forma humana e era um grande estudioso.

caibalion

Conhecido como o primeiro alquimista do mundo, o filosofo egípcio viveu no período entre 1.500 a.C. e 2.500 a. C. Suas abordagens conseguiam reproduzir o que hoje conhecemos como fitoterapia, siderurgia e manipulação química. 

A Hermética surgiu a partir da compilação desses estudos feitos pelo mago. Através do misticismo ele conseguiu atingir um nível de consciência elevado, que na antiga Grécia era atribuído ao conhecimento. 

Agora vamos ao que interessa! Confira as 7 Leis Herméticas e a forma como elas definem o universo! 

AS SETE LEIS HERMÉTICAS 

1- Princípio do Mentalismo 

Axioma: “O todo é Mente; o universo é mental.” 

Essa é a principal lei hermética e fala sobre a grandeza existente no poder da mente. A interpretação do axioma quer dizer que todo universo e as coisas que acreditamos são de natureza mental. Tudo que existe faz parte da imaginação do TODO.

caibalion

Muito atribuído a Lei da Atração, esse fundamento define que o universo nos recompensa com as vibrações que nós mesmos emanamos. Quem pensa coisas positivas, tende a receber coisas boas. Quem tem o pensamento pessimista, pode receber ainda mais retrocesso. 

2- Princípio da Correspondência 

Axioma: “O que está em cima é como o que está embaixo. O que está dentro é como o que está fora.” 

Esse conceito atribui a existência universal com a semelhança entre outros planos astrais e extra físicos. Sendo assim, todas as coisas que vibram no mundo são correspondentes de outras e assim sucessivamente os padrões se repetem ao longo da vida. 

3- Princípio da Vibração. 

Axioma: “Nada está parado, tudo se move, tudo vibra.” 

Essa lei define bem o universo e a movimentação atômica! Tudo que nele existe vibra incessantemente e projeta energia nas outras coisas e pessoas. 

Essas vibrações podem definir momentos harmoniosos ou não. Frequências altas iluminam a trajetória enquanto vibrações baixas interferem negativamente. 

4- Princípio da Polaridade. 

Axioma: “Tudo é duplo, tudo tem dois polos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliáveis.”

caibalion

Você já ouviu falar de signos opostos complementares? Esse termo astrológico é um exemplo claro da polaridade retratada na quarta lei hermética. Assim como a luz e as sombras, o calor e o frio, o Yin-yang, tudo se resume a duplicidade. 

Pensar nessas coisas também é pensar sobre o sentido de unidade. Se pararmos para refletir, a calma nada mais é do que a ausência de raiva; o escuro, a ausência de luz e isso expõe a polaridade como algo medido gradualmente.  

Ao aplicar essa lei na sua vida, você vai aprender a evitar qualquer extremo, sendo até mesmo mais tolerante com os outros. O equilíbrio é a chave para transpor barreiras e garantir expansão.  

5- Principio do Ritmo 

Axioma: “Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés, tudo sobe e desce, o ritmo é a compensação.” 

Todo mundo já enfrentou uma situação difícil, daquelas que acreditamos não haver mais solução, não é mesmo? Apesar disso, o ritmo do universo também nos proporciona momentos de alegria intensa, capazes de amplificar nossa vibração e consciência. 

Essa é uma forma simples de explicar a quinta lei hermética. Esse princípio se popularizou como “Lei do Retorno”, que deriva do conceito indiano para carmas. 

6- Princípio de Causa e Efeito 

Axioma: “Toda causa tem seu efeito, todo o efeito tem sua causa, existem muitos planos de causalidade, mas nada escapa à Lei.” 

Você acredita em destino? O sexto princípio esclarece que nada é por acaso! As chamadas: coincidências, nada mais são do que, reações de causas ainda desconhecidas. 

caibalion

Aplicar esse princípio na sua vida vai permitir dominar a causa e efeito. Se antes você só sofria os impactos, com o domínio, irá desenvolver a propagação. Use isso para expandir amor e solidariedade. 

7- Princípio de Gênero 

Axioma: “O Gênero está em tudo: tudo tem seus princípios Masculino e Feminino, o gênero manifesta-se em todos os planos da criação.” 

A última lei afirma que os gêneros estão dispostos em tudo. Toda a criação reproduz em aspectos naturais, mentais e espiritais as energias que derivam do feminino e masculino. 

A fauna, a flora, a energia da Lua em oposição ao Sol, o Yin-yang… Todas essas coisas exemplificam claramente esse princípio.