Foram 25 anos até alguém perceber que esse bonsai sobreviveu à bomba de Hiroshima

Esse bonsai sobreviveu à bomba de Hiroshima. Você não vai acreditar como!

publicidade

Quantas vezes você já deve ter ouvido a frase que a natureza é sábia e perfeita?

Esse bonsai, com quase 400 anos, é a prova viva disso!

Os bonsais (bonsai é uma palavra de origem japonesa e significa “plantando em uma bandeja” na língua portuguesa) são árvores maduras que se transformam em miniaturas através de técnicas de podas contínuas de seus galhos e raízes, além de amarrações com arame.

publicidade

O tempo que uma muda leva para se transformar em um bonsai formado pequeno ou médio pode variar de três a doze anos.

Hoje, essa arvorezinha guerreira, é parte do U.S. National Arboretum (Jardim Botânico Nacional dos Estados Unidos) e, claro, é a mais velha da coleção.

Se esse bonsai falasse…

Certamente teria muita história para contar.

publicidade

No dia 6 de agosto de 1945, às 8:15 da manhã, dois pilotos americanos lançaram uma bomba atômica sobre a cidade japonesa de Hiroshima.

Em questão de minutos, a cidade toda estava destruída. Alguns relatos afirmam que, em um raio de 6 quilômetros de onde a bomba caiu, a explosão inicial incinerou tudo quase que instantaneamente.

Miraculosamente, a única coisa que sobreviveu ao impacto foi esse pequeno bonsai de 390 anos, de aparência frágil e delicada, apesar de ter sido encontrado à 3 quilômetros de distância do local da explosão! INCRÍVEL!

O bonsai highlander foi levado ao Jardim Botânico americano somente em 1976 pelo mestre de bonsais Masaru Yamaki. Porém, somente quando os netos de Masaru foram visitar a arvorezinha que ficaram sabendo dessa saga.

O segredo do bonsai

publicidade

Mas como essa árvore tão pequena pode sobreviver à uma bomba nuclear? A resposta é bem mais simples do que se imagina: localização (e um pouco – ou muita? – sorte).

O curador do bonsai, Jack Sustic, disse em entrevista ao The Washigton Post que foi tudo graças à localização do bonsai: “Ele estava encostado em uma parede, que deve tê-lo protegido da explosão”.

A pequena árvore se tornou símbolo de esperança dentro da tragédia que sua história representa e foi homenageada durante as comemorações dos 70 anos do bombardeio em Hiroshima, que aconteceram na primeira semana de agosto deste ano.

O mais impressionante é que esse bonsai já viveu mais do que sua expectativa de vida e pode continuar firme e forte por 100 anos ou mais. Isto significa que, eventualmente, a arvorezinha pode se tornar a única testemunha viva da realidade cruel da Segunda Guerra Mundial.

Gostou da saga do bonsai? Compartilhe com seus amigos!

Temos outras histórias como essa, dá uma olhadinha aqui e divirta-se!

Fonte: upworthy.com.