Esse texto de Clarice Lispector não te deixará mais sofrer POR AMOR

O amor é mais simples do que você imagina!

Esse texto de Clarice Lispector não te deixará mais sofrer POR AMOR
Esse texto de Clarice Lispector não te deixará mais sofrer POR AMOR

Clarice Lispector não é por menos uma das maiores escritoras que temos em nosso país. Honrar tudo o que á foi escrito por ela é pouco, se comparamos os seus ensinamentos que revigoram até os dias de hoje.

Sendo uma pessoa única em todos os aspectos, Clarice fala como quem quer viver amando e escrevendo em todos os momentos que se fossem possíveis.

Em sua peculiaridade, também usava – e abusava – da sinceridade em ser uma pessoa direta, fosse em seus grandes livros, em crônicas e claro, em qualquer tipo de conversa que ousasse ser questionada.

E como uma lição de sabedoria – em meio às suas incontáveis junções de palavras -, separamos um de seus poemas que traz uma sabedoria ímpar e que deveria ser lido por todos nós em dados momentos de impactos de nossas vidas.

Clarice não só nos dá um tapa na cara, como nos faz sentir uma grande vontade de querer transformar todas as nossas reações em relação ao que chamamos de amor.

Vamos ao que interessa?

Isso é muita sabedoria!

Esse é o título de um pequeno poema que Clarice escreveu sobre a rejeição de se dar amor e não receber nada em troca. Canonizar o poder desse sentimento é o mesmo que encontrar a receita de sabedoria.

O que parece mesmo, é que essa escritora a assídua parecia pressentir como seria as relações líquidas que existem nos tempos de hoje, e claro, nos ensina de fora dura, mas verdadeira, como lidar com esse despedaçar de corações.

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram.

É preciso para de insistir!

É claro! Não adianta passarmos a agir como pessoas que amamos, se isso não é um sentimento que é recíproco. O amor é algo que requer dedicação, esforço e bons momentos para comprová-lo.

Quando amamos uma pessoa, seja qual tipo do amor, seja amigo, familiares e até mesmo um conjugue, agir como uma pessoa que ama é apenas uma consequência do sentimento que temos dentro de nós.

Todavia, o amor que não é recebido de volta são como cinzas jogadas ao vento, elas se vão, se despedaçam e você não sabe mais o que tem em mãos.

Perceber que o amor não está sendo cultivado de volta, é dar um passo de coragem, em outras palavras é fazer valer tudo aquilo que você sente dentro de si.

Se esforçar para ser amado é uma das coisas mais prazerosas que você pode fazer. Nós insistimos em várias coisas. Pode ser uma vaga de trabalho, um favor, uma mudança, ou qualquer outra coisa.

Mas o amor jamais deve ser algo assim insistido em conquistar. Se ele não vem com algum retribuído, se esforçar para ser aceito é se tornar tolerável, não amado.

É preciso aceitar o sentimento que não nasceu

Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. 

O que fazer se tudo aquilo que chegamos a cultivar não nos rendeu bons frutos? As pessoas não parecem s importar em retribuir o amor que recebe, a atenção, o carinho, o cuidado, isso parece ser levado como uma via de mão única, onde só um recebe.

Mas não é dessa forma que o amor funciona – não deve funcionar jamais. O amor é um sentimento que te transforma de dentro para fora. Se não chega a te trazer borboletas no estômago, de que vale sentir isso que não conseguimos nomear?

O que sentimos nasce por consequência, não por obrigação

Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. 

Fazer da nossa vida uma novela que não possui um final feliz, é algo que precisa ser extirpado HOJE!

Uma vida sem sentimento é uma vida amarga, que não conhece os sabores que possui. E como aceitar viver de uma forma que não te trará as melhores emoções que ardem o peito?

Se não nasceu com tudo o que você fez, sentimos muito em dizer, as a verdade é que:

  • chegou a hora de cair fora!

É preciso viver as emoções que temos sempre jorrando de forma natural. Sentir, cativar e desfrutar dos sentimentos que tanto são trazidos como uma volta do que enviamos é o mínimo que qualquer pessoa precisa viver viver.

Por fim, é melhor não fazer mais nada e deixar o destino se encarregar de tudo

Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho… o de mais nada fazer.

O que fazer? Se tudo aquilo que nos esperado não acontece da forma que bem entendemos? Fazer o que qualquer pessoa precisa fazer, assim que sentir cansado de tentar.

Sente, deite ou durma. Mas aproveite os seus bons sentidos consigo mesmo. Aprenda que a vida é feita para ser sentida como uma montanha-russa que te faz arrepiar.

Se não chega sensações que te transmitem até a alma, não vale as tentativas fúteis em espera de migalhas: melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram.

Aproveite tudo aquilo que de bom você sabe fazer e faça de você mesmo a melhor companhia que poderia ter em um sábado à noite em um lugar lotado: escolha a si como a pessoa que precisa investir.

publicidade