Filha ensina o pai analfabeto a ler e a escrever e compartilha a jornada nas redes sociais

Uma jornada linda e mega inspiradora!

publicidade

Algo que pode parecer básico para você que está lendo esse texto agora é uma privação para mais de 750 milhões de pessoas analfabetas no mundo todo. Esse número é resultado de um levantamento feito pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 2014, e aponta que ainda há um trabalho árduo de educação a ser feito em cada cantinho desse planeta.

Uma das pessoas que integra – ou melhor integrava – esses dados lastimáveis, Luciano Flores aprendeu com a ajuda da filha, Lucy Flores, a juntar as suas primeiras palavras para poder ler e escrever o mundo que o cerca.

Imigrante nos Estados Unidos, o mexicano precisou deixar o seu país de origem em busca de uma vida melhor quando tinha apenas 15 anos. O passado complicado foi o principal fator para a falha educacional na vida de Luciano, que cresceu muito pobre e teve que abandonar a escola após a primeira série para poder trabalhar para sustentar sua família.

publicidade

Te interessa?

Sem saber escrever nem ao mesmo o próprio nome, o pai de Lucy estava hesitante no começo, porém o sonho de aprender era maior e foi assim que começaram as aulas. Para compartilhar a linda jornada, a filha-professora postou em seu TikTok um vídeo de seu pai praticando como escrever o nome. O momento emocionante viralizou e já conta com quase três milhões de views e quase três mil comentários, todos muito carinhosos e com mensagens de apoio.

@floresfamily_25 Using my teacher skills to teach him! It’s Never To Late Poppa 📝💛 #teacher #dad #school #firstgeneration #golittlerockstar ♬ Pope Is a Rockstar – SALES

A coisa mais linda do mundo espero que ele melhore a cada dia”, desejou um internauta. “Quero fazer isso porque quero ajudar meu pai, mas não sei por onde começar. Alguma dica?”, perguntou outra seguidora.

publicidade

Com quase 100 mil seguidores, Lucy mostra o seu dia a dia com o pai e ainda compartilha as técnicas e didáticas que usa para facilitar o aprendizado de Luciano.

ALUNO EXEMPLAR

Não pense que por ser seu pai, Lucy pega leve com o aluno não! Pelo contrário, a rotina de estudos de Luciano é puxada e ele recebe aulas de escritas três dias por semana durante duas horas. E o trabalho duro tem valido muito a pena, pois ele já sabe escrever o nome, todas as vogais e está até começando a ler livros! “No geral, estou tão animada que ele escolheu querer aprender”, afirmou a jovem.

@floresfamily_25 Thank you all for your suggested! I will begin teaching him with the Vowels first ✍🏽 WE LOVE ALL YOUR SUPPORT- Dad 🥺🌷💛 #teacher #mexicantiktok #generationhealing #trauma #dad ♬ original sound – FloresFamily25
publicidade

O imigrante que nunca teve a oportunidade e nem os meios de aprender a ler e a escrever mudou para os EUA para trabalhar na construção civil e, por tanto, a alfabetização não foi algo cobrado para que ele pudesse exercer a função.

No entanto, de acordo com Lucy, ele sempre foi muito bem com os números. “É mais matemática, na qual ele é muito bom. Ele disse que não contou a seus amigos ou a ninguém ao seu redor que ele não tinha essa habilidade, então foi assim que ele sobreviveu”, explica.

A cada dia melhor, Luciano se mostra um aluno exemplar e já é o orgulho da professora, que se emociona com cada nova evolução do pai.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

A dupla é um belo exemplo para todo mundo. Nunca é tarde para aprender e com paciência e amor, todo mundo consegue ensinar algo para todo mundo!

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar