Garota de 14 anos cria invenção e transforma deficiência em superpoder
Garota de 14 anos cria invenção e transforma deficiência em superpoder

Garota de 14 anos cria invenção e transforma deficiência em superpoder

Jordan criou o ‘Projeto Unicórnio’, onde cria braços protéticos divertidos e sofisticados.

publicidade

Uma jovem inventora de apenas 14 anos transformou sua deficiência física em um superpoder que tem inspirado milhões de pessoas ao redor do mundo.

Jordan Reeves vive com seus pais em Columbia, no Missouri (EUA). Ela nasceu com uma anomalia no braço esquerdo, que parou de se desenvolver para além do cotovelo. Como resultado, a adolescente não tem a região das mãos e do antebraço.

Apesar de muitas pessoas considerarem seu membro subdesenvolvido um fator limitador na vida de Jordan, ela discorda, e vai além: utilizou sua condição congênita para criar seu próprio alter-ego de super-herói!

publicidade

Essa ideia surgiu há quatro anos, quando a jovem participou de uma feira de ciências que encorajava crianças com deficiência a pensar criativamente sobre sua condição física.

Com uma impressora 3D à disposição, Jordan, então com 10 anos, projetou um braço protético capaz de lançar purpurina no ar!

A invenção fez um baita sucesso na feira STEM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), tanto que ela decidiu dar um passo além e criar braços protéticos ainda mais sofisticados e divertidos: nascia o “Projeto Unicórnio”, que Jordan apresentou em palestras e até eventos televisivos, como o Shark Thank.

publicidade

A cada nova invenção, a jovem espera que o Projeto Unicórnio encoraje e inspire outras crianças a ver as deficiências como oportunidades, ao invés de meros obstáculos.

À medida que a iniciativa ganha força, Jordan e sua mãe têm trabalhado na construção de uma ONG sem fins lucrativos chamada “Born Just Right”, uma entidade que visa defender a inclusão.

De 2016 pra cá, a adolescente já fez muita coisa, digna de gente grande: apresentou um projeto científico na Maker Faire Bay Area, lançou um livro com experiências vividas sobre a sua deficiência e virou tema de uma HQ da Marvel que deve ser lançada em breve.

Por fim, as próteses de Jordan e seu trabalho como inventora viraram um minidocumentário da LEGO, que possui uma minissérie – ‘Rebuild the World’ – onde entrevista jovens inspiradores que estão transformando o mundo.

publicidade

Todas as crianças e adolescentes apresentados na série de vídeos foram convidadas a mostrar sua marca única de criatividade na construção de um projeto com blocos de LEGO, que permite combinações quase infinitas.

Até aqui, mais de 430 crianças de 30 países diferentes contribuíram para a iniciativa, que é composta de 350 mil bloquinhos coloridos. Mais: a minissérie de documentários foi produzida inteiras por crianças. Muito legal, não é?

É um convite. Onde os adultos veem desafios, as crianças veem oportunidades. Imagine o que poderíamos fazer se todos víssemos o mundo através dos olhos de uma criança!“, diz a descrição do projeto no site da LEGO.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Fonte: Good News Network

Compartilhe o post com seus amigos!