in

Você sabe como uma criança retirada de casa enxerga um lar adotivo? Você vai se emocionar!

O número é surpreendente: nos Estados Unidos, 400 mil crianças estão em lares temporários.

Essas crianças que estão à espera de uma família vêm de lares desconstruídos e, muitas vezes, cheios de violência física e verbal.

Esse vídeo abaixo foi feito para despertar a consciência a respeito do que essas crianças sofrem e para ajudar os adultos a compreenderem a vida através dos olhos de quem acorda todos os dias para uma realidade sofrida.

Zoey, a menina do vídeo, começa dizendo que “às vezes, alguém te machuca tão profundamente, que você até para de sentir dor”.

O vídeo mostra o lar desestruturado em que a menina e seu irmão mais novo (apenas um bebê) vivem e a relação conturbada de sua mãe e seu padrasto.

O vídeo é muito emocionante. Clique no play.

Lembre-se de ativar as legendas em português no menu do vídeo.

Fonte: upworthy.com.

Finais felizes também existem

pezinho

A situação é grave, sim, porém finais felizes em histórias de adoção também existem, ainda que em menor número.

Libia Von Poser, de 54 anos, é mãe de três filhos, sendo que dois deles são adotados. A história dela é uma história de amor que teve um final incrível, mas acabou trazendo uma revelação que ela nunca poderia imaginar.

Tudo começou quando Líbia teve dois abortos espontâneos.

Da segunda vez, entretanto, quando estava no hospital pronta para realizar a curetagem, viu seu marido, Ricardo, hoje com 58 anos, chorando copiosamente na sala de espera.

Foi aí que ela decidiu que não tentaria mais engravidar.

Após esse episódio, Líbia, por intermédio de uma amiga, conheceu outra mulher que, depois de ter passado pela mesma situação, havia decidido por adotar um bebê. O casal, então, voltou para casa decidido a adotar e tomou as providências necessárias para iniciar o processo.

Thank you for reading!

Avatar

Publicado por Luciana Caczan

Neta da Palmirinha e Mulher Maravilha no horário comercial. Mãe, esposa, jornalista, repórter e produtora nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inteligência emocional: a chave para uma vida melhor

As 5 drogas mais viciantes que existem (três delas são legais)