in

5 coisas que você não deve dizer a uma pessoa que perdeu alguém

Todo mundo já passou por aquele momento difícil de estar diante de alguém que acabou de perder uma pessoa importante.

E a grande pergunta nesse momento é “Como agir?”.

Infelizmente não há uma receita de bolo de como agir em situações como essa, porém exitem coisas que você pode não fazer.

Algumas pessoas já haviam morrido em minha família durante minha infância e adolescência, mas nenhuma realmente próxima, nenhuma que fizesse meu coração sofrer realmente, até que aconteceu uma grande tragédia na minha família e eu descobri de fato o que é perder alguém.

As pessoas querem te falar coisas relevantes após a morte de alguém, porém o silêncio é muito valioso nesses momentos.

Quando era criança, perdi minha primeira cachorrinha, a dor foi real.

Abrir o portão de casa e receber o silêncio e o quintal vazio era difícil, mas não ter ninguém lembrando dos meus momentos com ela ajudava a superar, afinal, perder uma cadelinha não era um grande sofrimento para a maioria das pessoas, mas infelizmente quando se perde uma pessoa, as coisas são diferentes.

A necessidade do ser humano em parecer solicito diante da morte, pode acarretar erros dolorosos de quem não sabe o que é perder alguém ou parece que já se esqueceu.

1. Não diga que sabe o que a pessoa está sentindo se realmente não sabe.

Quando era adolescente me tornei amiga de uma garota que havia acabado de perder o pai, ela me confessou que odiava quando as pessoas diziam a ela que sabiam o que ela estavam sentido.

Se você nunca perdeu alguém realmente importante, jamais diga que sabe o que a pessoa está sentindo. Acredite em mim, você não sabe. E para as pessoas que já perderam alguém importante, tenham em mente que cada morte é uma morte e cada pessoa é uma pessoa.

Thank you for reading!

Awebic

Publicado por Awebic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 coisas que eu gostaria que tivessem me dito antes de descobrir sozinho

Eu te desejo um parceiro de vida (e não apenas um parceiro de cama)