Homem que teve pulmão transplantado por causa da Covid recebe alta

Mais um avanço para o mundo!

Homem que teve pulmão transplantado por causa da Covid recebe alta
Homem que teve pulmão transplantado por causa da Covid recebe alta

A medicina é um dos milagres que trazem a alegria plena para familiares que esperam melhoras de seus entes queridos. Principalmente quando lembramos das tristezas que passamos por causa da Covid-19.

Henrique Batista do Nascimento, de 31 anos, chegou a ficar longe de boa parte do primeiro aninho do seu filho, por estar em uma situação bastante complicada por causa da doença.

Assim que foi internado, Henrique precisou ser intubado e passou cerca de quatro meses no hospital InCor, em ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea).

Chamado transplante duplo (do pulmão completo), essa é a última opção que um paciente de Covid em estado gravíssimo tem quando o pulmão está completamente comprometido.

De acordo com o fisioterapeuta respiratório Fábio Rodrigues, “sem o transplante, ele morreria. O pulmão ficou completamente fibrosado. Fica impossível respirar com esse pulmão”.

Homem que teve pulmão transplantado por causa da Covid recebe alta
Homem que teve pulmão transplantado por causa da Covid recebe alta

O InCor chegou a fazer esse procedimento apenas 3 vezes, onde infelizmente apenas o Henrique conseguiu sobre após o transplante completo do pulmão. O primeiro foi feito pela primeira no começo do ano, no Japão.

Pra ele, esse fase foi uma superação que não poderia descrever com outras palavras. O momento acabou sendo difícil demais e mesmo recebendo alta e podendo voltar para casa, se recordará as lutas que teve internado.

Homem que teve pulmão transplantado por causa da Covid recebe alta

Um avanço que trará ainda mais esperança

“Esse período de internação me fez enxergar a vida com mais leveza, mais pé no freio, sabe? Pra mim, ficar esse tempo longe da minha família (esposa e filho) me fez ter forças pra lutar a luta que fosse e foi o que aconteceu”, disse Henrique.

De acordo com os detalhes do fisioterapeuta que lhe acompanha, será feito um tratamento de reabilitação três vezes na semana durante os seguintes meses, que podem ser de três até seis.

Homem que teve pulmão transplantado por causa da Covid recebe alta

Por causa do procedimento médico que precisou fazer para receber o transplante, será preciso que o Henrique esteja mantendo as visitas ao médico de forma constante, pois precisará ser sempre acompanhado por um médico.

E garante, tudo isso é uma vitória para ele e sua família, como concluiu:

“Acho que só de estar de volta, acompanhar o crescimento do meu filho, aproveitar muito mais meu casamento e com certeza viajar. Já temos destino marcado para o final do ano, minha família e eu vamos passar o Natal e o Ano Novo em Gramado [RS]. Eu quero muito viver, aproveitar a vida e amar muito mais o dia em que vivemos, o amanhã pertence a Deus.”

Fonte: G1

Veja mais ›
Fechar