in

8 coisas que ficaram claras depois que larguei meu emprego corporativo

Eu deixei meu emprego corporativo – e essas 8 coisas ficaram claras

Muitos sonham em deixar para trás a vida corporativa. Reportando-se a ninguém além de você mesmo.

Nove meses atrás, eu fiz isso.

Depois de mais de duas décadas ótimas na Procter & Gamble, eu dei o salto – uma saída planejada da vida corporativa para entrar all-in no meu antigo lado de escrever, falar e ensinar.

Agora esta é a minha batalha e acredite em mim, eu estou batalhando (e amando cada minuto disso).

Eu estou parando agora para compartilhar a grande invenção que é retrospecção – permitida pelo meu salto.

E a propósito, isso não foi feito para guiá-lo a pular. Foi feito para guiá-lo ao prazer.

Que essas oito realizações te ajudem a ser mais feliz onde quer que você esteja:

1. Duas coisas serão a nossa morte: a própria morte e as reuniões.

Está ainda mais claro agora. Tempo demais é desperdiçado em reuniões, de muitas maneiras. Em minúcias, microgerenciamento ou disfarce.

Se eu pudesse de ter volta um quarto do tempo que passei em reuniões, eu adicionaria um dólar ao preço das ações.

Encene uma revolta. Pergunte por que você está em reunião. Pergunte se você pode resolver através de e-mail ou (suspire) apenas decidir.

Coisas que ficaram claras depois que larguei meu emprego corporativo

2. Eu sinto falta da maioria das pessoas e nenhuma falta dos processos.

O processo pode servir a um propósito, às vezes.

As pessoas com quem trabalhamos nos dão um propósito, o tempo todo.

Ah, se eu pudesse voltar todo o tempo gasto servindo a algum processo mundano e reinvesti-lo nos relacionamentos.


Recomendamos para você:

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A mandala que você mais se identifica revela qual tipo de pessoa você é

Pesquisas sugerem que o açúcar pode afetar seu humor e te deixar triste