in

10 regras ancestrais que todos nós deveríamos continuar seguindo

Entender as lições da evolução pode nos ajudar a levar vidas mais ricas hoje.

Qualquer boa estrutura para entender o comportamento humano deveria ter aplicação potencial.

Uma boa estrutura teórica psicológica deve fornecer um roteiro sobre como podemos melhorar esses domínios da condição humana como saúde física, saúde mental, educação, governo e assim por diante.

Eu acho que uma boa estrutura para entender o comportamento humano deve fornecer algum tipo de roteiro pessoal.

Em outras palavras, uma boa perspectiva teórica em psicologia deve nos ajudar a entender não apenas nosso mundo social mais amplo, mas também nosso mundo pessoal – e nos ajudar a viver uma vida melhor.

Como escrevi exaustivamente, a psicologia evolucionista tem a capacidade de nos ajudar a obter uma percepção enorme da condição humana (Geher, 2014).

A seguir estão 10 maneiras pelas quais a psicologia evolucionista, que emergiu como a estrutura explanatória mais poderosa nas ciências comportamentais, pode ajudar a guiar nossas vidas pessoais de maneiras positivas:

1. Siga os códigos morais universais humanos.

Regras ancestrais para uma vida melhor

A maioria dos seres humanos é explicitamente religioso (Wilson, 2002). Surpreendentemente, apesar de todas as diferenças aparentes entre as várias religiões, existem universalidades extraordinárias entre elas.

Como David Sloan Wilson observou, todas as religiões servem para encorajar as pessoas a sacrificar seus interesses egoístas pelo bem do grupo mais amplo.

Junto com essa tendência geral estão os códigos morais universais – códigos que não apenas existem em muitos grupos religiosos, mas também parecem tipificar a psicologia humana, independentemente de alguém ser “religioso” ou não (Trivers, 1985).


Recomendamos para você:

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um simples exercício diário pode te fazer sentir bem melhor sobre si mesmo

8 dicas para você não se perder no próximo relacionamento