Idosa de 103 anos recebe notícia de cura do COVID e reação é a mais inusitada já vista

Idosa de 103 anos recebe notícia de cura do COVID e reação é a mais inusitada já vista

A alegria das pequenas coisas!

publicidade

O que você faz quando o assunto é comemorar? Sabemos que existem situações que merecem todo o respeito e dedicação, quando o momento pelo qual tanto esperamos acaba chegando. E nada melhor do que reagir o receber o que tanto esperamos.

Nos últimos meses, embora estejamos todos nós e muita cautela e cheio de esperança para que esse momento conturbado que passamos causados pela quarentena, todos os motivos de superação e histórias que nos faz acreditar em um momento melhor, acabaram ganhando um espaço ainda maior em nossos corações.

Há alguns meses, um nome específico acabou conquistando o mundo inteiro, por causa de uma comemoração bem inusitada. Uma senhora de 103 anos chamada Jennie Stejna que mora em Massachusetts, Estados Unidos, foi a responsável por nos deixar de boca aberta por causa de uma coisa que escolheu fazer.

publicidade

Jennie foi diagnosticada com Covid-19, doença que é causada pelo coronavírus e por já ter uma idade bem avançada, os cuidados acabaram sendo mais delicados ainda. De acordo com a família, o quadro em que esta senhora acabou entrando por causa da doença, era de fato bem preocupante.

Acompanhando todos esses procedimentos bem de perto, chegaram a confessar que foram aconselhados a se manterem firmes e esperar o pior. Seu neto Stejna, em entrevista ao portal TMZ, chegou até a confessar, que a própria avó não entendia bem o que estava acontecendo, apenas se sentia muito mal.

Mas o que poderia ser uma falta de esperança para muitos, acabou tendo uma grande reviravolta incrível, para mostrar para todos que nunca devemos deixar de lado a fé, pois em todos os nossos momentos da vida devemos mais do que nunca sermos esperançosos.

idosa-curada-do-covid-bebe-cerveja

publicidade

Começando devagar, o quadro dê sua saúde foi melhorando de pouco a pouco. Com avanços em sua recuperação, chegou ao ponto de estar completamente curada. Tem alegria melhor do que esta?

A verdade é que a Senhorinha de 103 anos superou todas as barreiras que enfrentou por causa do coronavírus e acabou sendo a primeira paciente a ser curada em sua casa de repouso. Cheia de alegria, foi a sua atitude após receber o seu diagnóstico final, que mais inspirou o mundo.

Sabendo que estava completamente curada, decidiu que comemoraria a sua vitória pessoal da mesma forma que se alegra todas as vitórias do seu time de beisebol: apreciando o sabor de uma cerveja bem gelada.

E desde que teve essa atitude, comemorando uma grande vitória com algo rotineiramente simples, que a sua história passa a nos inspirar não só na ideia de termos que acreditar no melhor sempre.

Mas também, de podermos aproveitar as pequenas coisas e fazer de cada uma delas motivos fáceis de se tornarem alegrias. E quando tudo isso passar, esse nome nós lembraremos!

publicidade