Imagem de entregador trabalhando com filha viraliza e família ganha surpresa de internautas
Imagem de entregador trabalhando com filha viraliza e família ganha surpresa de internautas

Imagem de entregador trabalhando com filha viraliza e família ganha surpresa de internautas

Um pai que faz o seu papel!

publicidade

Muitas pessoas acabaram perdendo o emprego por causa da pandemia, e uma dessas histórias acabou viralizando e tendo um desfecho feliz.

Alessandro Magno é um paraense de 25 anos que acabou ficando desempregado e passou a trabalhar como entregador para buscar por alguma renda. O que chamou a atenção foi o fato de o homem fazer as entregas de bicicleta e levando sua filha de 4 anos consigo.

“Foi a forma que achei de ajudar em casa para não faltar nada pra minha filha”, conta.

publicidade

A garota Rayna Vitória não teria com quem ficar para que seu pai fizesse as entregas, e uma foto dos dois juntos na bicicleta acabou viralizando. A imagem tirada no fim do mês passado acabou por se espalhar nos últimos dias, resultando em doações e oportunidades para Alessandro.

O rapaz possui curso de manutenção de celulares e até o mês de março trabalhava como ajudante de cozinha em um restaurante que acabou falindo. A esposa de Alessandro ficou sendo a única provedora da casa com seu emprego num supermercado.

“Eu cheguei em casa e disse: ‘Amor, tô desempregado. Bora orar pra nada nos faltar. Você não pode ficar desempregada”, conta o jovem.

Normalmente, Rayna estuda de manhã e fica com os avós na parte da tarde, no entanto as aulas foram suspensas e os pais de Alessandro contraíram o coronavírus. Eles ainda estão se recuperando e não podem cuidar da criança.

publicidade

O entregador conta que costuma trabalhar com as entregas pela manhã, já que o período de almoço tende a ser bem movimentado.

“Teve um dia que cheguei em casa sem fazer uma só corrida. E minha filha disse: ‘pai, quero banana’. Eu pensei: ‘Deus vai prover’. No mesmo dia, um amigo pediu pra fazer um serviço no celular. Com o dinheiro, fomos comprar comida. Ela veio muito feliz! Eu, como pai, não quero deixar faltar nada pra minha filha”, conta.

A surpresa!

O caso acabou tendo uma grande repercussão e milhares de pessoas doaram para Alessandro e sua família. Uma vaquinha online foi feita e até o momento já arrecadou mais de R$ 38 mil, além disso, Alessandro foi chamado para muitas entrevistas de emprego.

Ele agradeceu todas as doações e conta que recebeu ajuda até mesmo de pessoas na Europa. Alessandro afirma que usará o dinheiro das doações para alimentar sua família, construir sua casa e investir na educação de Rayna.

publicidade

Além disso, a ideia é fazer com que não seja necessário sair com a filha fazendo entregas e se arriscando durante a pandemia.

“Nunca esperava essa repercussão. Deus me honrou por ser um cara honesto e trabalhador. Tenho o sonho de ver me filha se formar”.

Nos últimos dias ele já usou parte do dinheiro para doar alimentos à uma família que perdeu tudo em um incêndio no último fim de semana.

O caso de Alessandro e sua família mostra que ainda é possível ter fé na humanidade, além é claro da importância e o poder que a internet tem para fazer o bem. Se nos unirmos em prol de uma sociedade mais igualitária, o mundo tem salvação.

Informações do G1