Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada

A história do lugar vai te impressionar!

Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada (Imagens: Unsplash)
Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada (Imagens: Unsplash)
publicidade

O Mausoléu de Halicarnasso é uma das sete maravilhas do mundo antigo. É isso mesmo que você leu! Não existem apenas as maravilhas do mundo moderno, em alguns lugares é possível visitar as ruínas de um mundo antigo e que conta a história das civilizações.

Construído em meados de 350 a.C., o Mausoléu de Halicarnasso foi idealizado pela rainha Artemísia, que desejava um lugar para colocar o corpo do seu esposo, e também irmão, Mausolo, rei da região onde hoje se encontra a Turquia.

Toda a história e mistério envolvendo essa construção atrai milhares de turistas anualmente. Conheça um pouco mais do lugar e descubra porque ele merece sua visita!

publicidade

Te interessa?

Onde fica o Mausoléu de Halicarnasso

Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada (Imagens: Unsplash)
Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada (Imagens: Unsplash)

Quando construído, o Mausoléu era uma construção imensa, dedicada a abrigar os restos mortais do rei Mausolo da Turquia. Sua importância para as civilizações lhe rendeu o título de uma das sete maravilhas do mundo antigo, agregando significado às suas ruínas.

Mausolo fez história por governar a província do Império Persa que coincide com o território turco. O reino, denominava-se Caria, e a capital era Halicarnasso. Mausolo governou ao lado de sua irmã e cônjuge, Artemísia II, que decidiu pela construção do Mausoléu.

O rei governou entre 370 e 353 a. C. e o período foi marcado por uma fase de pleno desenvolvimento e expansão estrutural para o reino de Caria. Diversos edifícios públicos e obras de infraestrutura foram iniciadas, além de uma muralha designada para a proteção da cidade.

publicidade

A morte de Mausolo e a grande construção

Quando o rei faleceu, Artemísia II se dispôs a construir o mais elaborado dos mausoléus. A rainha não economizou recursos e mandou trazer mão de obra grega para garantir um design exclusivo em homenagem ao marido.

Diversos artistas, principalmente os que haviam participado da construção do grande Templo de Ártemis, foram convocados para essa missão. Escultores, artesãos e outros trabalhadores famosos também participaram, trazendo ainda mais visibilidade a construção.

Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada (Imagens: Unsplash)

A identidade da arquitetura grega

Sátiro e Pítis, famosos arquitetos gregos, foram os responsáveis gerais pela construção do Mausoléu de Halicarnasso. Ao longo dos dez anos de obra, eles contribuíram para imprimir as características da arquitetura grega em cada coluna do edifício.

publicidade

Ao todo, cerca de 30 mil homens ajudaram nessa empreitada, deixando clara a complexidade da construção.

Apesar da rainha Artemísia II não ter sobrevivido para visualizar sua ideia pronta, historiadores declaram que a construção seguiu a exata magnitude desejada pela rainha.

Quando acabada, a construção tinha 50 metros de altura, formato retangular e cada detalhe associava o rei a algo grandioso.

Olha que sensacional:

Espalhadas pelo Mausoléu, haviam lindas estátuas e esculturas de bronze. A estrutura era segurada por 36 colunas, ao bom estilo grego, e ocupava em média 1200 metros quadrados.

publicidade

Acima da base quadrada de mármore, bronze e revestimento de ouro, havia uma pirâmide com exatos 24 degraus e em sua cúpula a estátua de uma carruagem guiada por Mausolo e Artemísia.

Essa majestade das construções havia sido detalhadamente esculpida pelos gregos Timóteo, Leocarés, Briáxis e Escopas de Paros, tornando-a uma verdadeira obra de arte.

Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada (Imagens: Unsplash)

O Mausoléu foi construído em uma posição estratégica, em cima de uma colina, para que pudesse oferecer uma vista privilegiada de Halicarnasso.

A tumba que recebeu o corpo de Mausolo

Ela contava com um pátio e uma plataforma. A escada que dava acesso à tumba possuía estátuas de pedra, representando leões e guerreiros.

publicidade

A estrutura era de mármore e nas laterais haviam representações da batalha dos centauros com os povos Lápitas e dos gregos em combate com as amazonas. 

Intercalado a cada uma das colunas do Mausoléu, haviam estátuas elaboradas. As principais, foram feitas pelo escultor grego Escopas e representavam Mausolo e Artemísia II.

O título de uma das sete maravilhas do mundo antigo

Apesar de ter sido destruído por diversos terremotos que ocorreram ao longo do século XV, o Mausoléu de Halicarnasso ainda recebe o título de uma das sete maravilhas do mundo antigo.

Suas ruínas serviram para a elaboração de novas construções e se tornaram extremamente populares na região de Bodrum, na Turquia, reunindo centenas de visitantes todos os anos.

publicidade

O terremoto fatal para a construção, aconteceu em 1304.

Hoje, o que restou da estrutura encontra-se em volta do marco Myndos Gate ou alojados no British Museum e no Museu de Bodrum. Os acervos contam principalmente com as partes mais bem preservadas.

Além disso, algumas rochas que sobraram entre as ruínas foram reaproveitadas na construção do Castelo de São Pedro, ou como também é conhecido: Castelo de Bodrum, construído à beira mar de Halicarnasso.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Se você é um amante da história das civilizações, não pode deixar de incluir essa maravilha do mundo antigo em seus roteiros de viagem. Conheça um pouco mais sobre a Turquia e descubra outros pontos que valem a pena conhecer por lá!

publicidade

Viajar até a Turquia pode expandir seus horizontes

Mausoléu de Halicarnasso: uma das sete maravilhas do mundo que merece ser visitada (Imagens: Unsplash)

A Turquia é uma república com aproximadamente 800 mil km²  de extensão territorial. Situado na divisão entre a Europa e a Ásia, o país faz fronteira com Iraque, Bulgária, Grécia, Síria, Armênia, Geórgia, Irã, Azerbaijão e os mares Mediterrâneo, Negro, Mármara e Egeu.

Os melhores lugares para visitar

A cidade mais estruturada e, consequentemente, procurada pelos turistas é Istambul. Lá você poderá vivenciar a verdadeira experiência de vida dos turcos e conhecer um pouco mais sobre essa rica cultura.

A capital do país é Ancara e sua densidade geográfica é de aproximadamente 75 milhões de habitantes. A população é majoritariamente muçulmana, apesar do estado ser declarado laico.

O país adotou como sistema político o parlamentarismo, guiado pelo primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan. Com o 17º maior PIB mundial, a Turquia se destaca como uma das principais economias do mundo.

Outros pontos turísticos para conhecer na Turquia:

  • Mesquita Azul
  • Museu das civilizações Anatólia
  • Casa da Virgem Maria
  • Cidade subterrânea de Kaymakli
  • Ruínas de Éfeso
  • Museu de mosaicos Gaziantep Zeugma
  • Praias de Bodrum
  • Basílica de Santa Sofia
  • Castelo de Algodão
  • Museu a céu aberto de Goreme
  • Vale da Imaginação
  • Pamukkale
  • Aspendos
  • Palácio Topkapi
  • Capadócia

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar