in

Por que o modo antigo de educar nossos filhos não funciona mais?

De tempos em tempos aparece um livro ou artigo que diagnostica os pais com uma catastrófica fraqueza.

A pirâmide de poder foi invertida, eles alertam, e as crianças fora do controle.

“Comande. Não peça. Não negocie”, instrui Leonard Sax em seu livro de 2016 “The Collapse of Parenting”, no qual ele culpa os pais pelos males da sociedade, incluindo obesidade e doenças mentais.

Eu sei que ler tais acusações, apesar do meu instinto de rejeitá-las, produzem sentimentos de vergonha e inépcia.

Eu as leio de qualquer maneira, atraída pela certeza ilusória deles sobre um mundo possível em que as crianças sempre obedecem e escovar os dentes leva dois minutos e meio.

E então, como previsto, vem a avaliação pessoal.

Enquanto meu marido e eu somos muito bons em sustentar um “não”, permitimos alguma conversa e negociação no caminho. Estamos cedendo terreno demais?

Além disso, quando se trata de nossa rotina diária de comer e dormir, nos inclinamos um pouco para a flexibilidade – e para longe da rigidez.

Adicionar APP Awebic

Embora mais rigidez possa estabelecer mais autoridade dos pais, também geraria mais insanidade, já que todos nós lutamos para manter os sistemas que implantamos.

O quanto é ruim permitir que a vida, e todos os seus sentimentos e caos, ocasionalmente nos atrapalhe?

De acordo com Katherine Lewis, autora do novo livro “The Good News About Bad Behavior”, é hora de abandonar essas preocupações. “O comando e o controle, o ‘eu é quem mando’, não funciona”, disse ela.

Diga adeus a ‘os pais sabem mais’

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Use a gratidão para superar o tédio, dificuldades, reclamação e sobrecarga

Domine apenas uma coisa de cada vez (é o que diz a ciência)