in

Como vai sua gestão do tempo? Um guia para colocar em prática hoje!

Sabe de uma coisa? Está na hora de parar com essa história de desejar mais tempo, mais horas no dia.

A gestão do tempo não serve de nada se o seu intuito é ter apenas um dia de 48 horas para passar mais tempo ocupado.

Esqueça isso!

O que vai realmente fazer diferença na sua vida é mudar tudo o que tem feito até agora para gerenciar o tempo que você tem.

gestão do tempo (8)

Crédito: luis_molinero/Freepik

Você tem objetivos, certo? Então para conquistá-los, algumas mudanças fundamentais precisam ser feitas.

O que você vai ver:

  1. O que é gestão do tempo
  2. Por que você deveria se preocupar com a gestão do tempo?
  3. Efeitos negativos da gestão do tempo ineficiente
  4. Inimigos da gestão do tempo
  5. Benefícios da Gestão do tempo
  6. Por onde começar?

1. O que é gestão do tempo

Antes de mais nada, como vai a sua gestão do tempo?

Se você não tem ideia de como sua rotina virou uma bagunça de acúmulo de tarefas e falta de tempo para realiza-las, significa que a sua gestão do tempo precisa de ajuda.

gestão do tempo (7)

Crédito: luis_molinero/Freepik

Para entender do que se trata, pense na gestão do tempo como um processo. Mas não é um processo qualquer.

É o meio pelo qual você irá direcionar as suas atividades ao longo do tempo, ou seja: como irá organizar e planejar o uso desse tempo.

E mais importante ainda: quanto tempo irá gastar em cada atividade específica.

gestão do tempo (11)

Crédito: onlyyouqj/Freepik


Recomendamos para você:

Taianne Rodrigues

Written by Taianne Rodrigues

*Anne* na maioria das redes sociais, catlover, jornalista. Escrevo por paixão e por trabalho. Ah! E nas horas vagas também! Sempre tenho algo a dizer e me chamam de miss perguntinha, nem sei porque... rs. Já falei que estou escrevendo um livro? Budista: acredito na Revolução Humana (interior) e potencial humano transformador de todos nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As coisas têm consciência? Essa ideia vem ganhando credibilidade acadêmica

A sabedoria das árvores: o que nossas amigas silenciosas têm pra ensinar