in ,

Como é estar apaixonado, de acordo com a ciência

Como você sabe que é amor?

A resposta pode mudar sua vida, desde como você interage com um(a) parceiro(a) atual (ou potencial), até em relação à forma como você se vê em relação aos objetivos que tem para o futuro.

Você acha que pode estar apaixonado(a)?

Descubra, levando em consideração estes sinais de amor e apego baseados nas pesquisas.

1. Você está viciado(a) nessa pessoa

Como é estar apaixonado, segundo a ciência

O amor muda o cérebro.

Na fase inicial dos relacionamentos, essa euforia que as pessoas sentem aparece como uma atividade neuronal aumentada nas áreas ricas em dopamina, ligadas ao nosso sistema de recompensas.

Até a área do cérebro ligada ao pensamento obsessivo pode apresentar alguma atividade, já que a obsessão é uma experiência clássica vivida pelos apaixonados (Aron, Fisher, Mashek, Strong e Brown, 2005).

À medida que um relacionamento progride para uma parceria de longo prazo, pensar sobre o parceiro ativa os centros de recompensa, bem como as áreas cerebrais envolvidas com o apego, mas o pensamento se torna menos obsessivo (Acevedo, Aron, Fisher e Brown, 2011).

Adicionar APP Awebic

2. Você quer que seus amigos e familiares gostem dessa pessoa

Como é estar apaixonado, segundo a ciência

Novas evidências mostram que muitas vezes as pessoas são motivadas a dar apoio a alguém que estão namorando (Patrick & Faw, 2014), o que condiz com a ideia de que o círculo social de uma pessoa desempenha um papel importante no sucesso de um relacionamento (Sprecher, 2011).

Importar-se com o que sua família e amigos pensam sobre seu(sua) parceiro(a) é um sinal de que você está se tornando cada vez mais ligado à pessoa.

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As 10 principais razões para fazer exercícios (e não é perder peso)

Como se manter motivado quando você está sem perspectiva