NOMOFOBIA: o problema que o CELULAR vem trazendo e destruindo gerações

Entenda como a Nomofobia vem crescendo e destruindo as novas gerações cada dia mais, conectadas!

NOMOFOBIA: o problema que o CELULAR vem trazendo e destruindo gerações
NOMOFOBIA: o problema que o CELULAR vem trazendo e destruindo gerações

Você sente a dificuldade em desligar o seu celular ou fica ansioso ao sabe que já passou muito tempo sem usá-lo?

Para muitas pessoas ao redor do mundo, pensar em ficar sem o seu dispositivo eletrônico conetado a Internet gera angústia e ansiedade.

Se você se encaixa nesse tipo de situação, é muito possível que.você sofra de Nomofobia, um enorme medo de não ter o smartphone ou de não poder utilizá-lo.

Te interessa?

O medo de ficar sem Smartphone

A maioria das pessoas depende dos dispositivos eletrônicos para obter informações e se conectar com outras pessoas, por isso é muito normal se sentir com medo em perder esse recurso.

Não conseguir encontrar o seu dispositivo móvel para trabalhar ou estudar desperta preocupação nas pessoas sobre.como lidar com as perdas de arquivos e contatos com pessoas importantes.

nomofobia

A Nomofobia, também conhecido por “sem medo de celular”, descreve bem o medo de uma pessoa em não ter um dispositivo conectado a internet para uso profissional e vida pessoal.

Se vocês soubessem os MALEFÍCIOS que um celular causa no aluno, jamais faria ESSAS COISAS!

Quais são os sintomas da Nomofobia?

Os profissionais de saúde mental ainda não conseguiram decidir sobre os critérios de diagnósticos formais.para este tipo de fobia que está assolando muitas pessoas ao redor do mundo.

No entanto, é geralmente aceito que esse tipo de fobia represente uma preocupação ainda maior para os profissionais de saúde mental.

Por outro lado, alguns especialistas da área até sugeriram que a Nomofobia significa uma categoria dependente ou um vício de celular.

Além disso, as fobias são um tipo de ansiedade que muitas pessoas sofrem sem saber ao certo do que se trata.

Confira a seguir os possíveis sintomas emocionais da Nomofobia que as pessoas sofrem, são eles:

  • Preocupação;
  • Entra em pânico pela falta do celular;
  • Ansiedade e agitação ao desligar o celular;
  • Pânico e ansiedade quando não consegue encontrar o dispositivo;
  • Irritação, ansiedade e estresse quando não consegue verificar o telefone.
nomofobia

Além dos sintomas emocionais que o medo de ficar sem o celular causa, muitas pessoas também sofrem de sintomas físicos, são eles:

  • Batimento do coração acelerado;
  • Sensação de desmaio;
  • Tontura e desorientação;
  • Aumento da transpiração;
  • Tremedeiras constantes;
  • Dificuldades para respirar;
  • Aperto no peito e mal-estar.

Se você ou alguma pessoa que conhece tem a Nomofobia ou sofre de outras fobias, é fácil identificar, pois, os sintomas externos são fáceis de perceber.

Aliás, apensar dessa consciência, você pode ter um pouco de dificuldade em lidar ou até mesmo controlar os sintomas que causam o medo de ficar sem celular.

10 hábitos ASSUSTADORES de grandes gênios que te deixarão mais inteligente

Como aliviar os sintomas da Nomofobia?

Para que você consiga evitar um pouco os sentimentos de angústia, ansiedade e estresse por medo de ficar em telefone, você.deve fazer o possível para manter o seu aparelho próximo de você.

É importante você ficar ciente que esses tipos de comportamentos para aliviar os sintomas pode parecer muito com a dependência do aparelho, como:

  • Levar o aparelho para a cama ou banheiro;
  • Ficar verificando constantemente;
  • Passar várias horas por dia usando o aparelho;
  • Sentir-se impotente de realizar qualquer coisa sem o telefone;
  • Ficar sempre olhando para o aparelho mesmo desligado carregando.
nomofobia

Você precisa prestar atenção os seus comportamentos quando sentir a necessidade de ficar cada vez mais utilizando o aparelho eletrônico.

O que causa a Nomofobia?

A Nomofobia é considerada por muitos profissionais de saúde como uma fobia moderna. Esse tipo de fobia decorre do crescimento da confiança das pessoas na tecnologia.

Como também da preocupação com o que pode acontecer essas elas não puderem utilizar dispositivos eletrônicos conectados a Internet para as necessidades diárias.

As informações e pesquisas que existem no mundo acadêmico sobre.a Nomofobia sugerem que essa fobia ocorre com mais frequência em adolescentes, jovens e adultos.

Os profissionais de saúde ainda não descobriram uma causa para a Nomofobia, em vez disso, eles acreditam que existem vários fatores que podem contribuir para esse medo de ficar sem celular.

SEJA TRANSFORMADO: 20 valores que só as crianças podem te ensinar

Como a Nomofobia se desenvolve?

A fobia de ficar sozinho e do isolamento pode desemprenhar um grande papel no desenvolvimento da Nomofobia, você sabia?

Se o seu dispositivo eletrônico funciona como o seu principal método de contato com outras pessoas, provavelmente.você se sentirá mais sozinho sem utilizá-lo.

nomofobia

Por isso, não querer sentir essa solidão pode fazer com que as pessoas queiram manter mais contato com o aparelho.

Como lidar com a Nomofobia?

Se você pensa que sofre de Nomografia ou sente que dispersando muito do seu tempo no celular, há coisas que você pode fazer.para gerenciar melhor o seu tempo no uso do aparelho.

Confira a seguir o que você pode fazer para lidar melhor com o medo de ficar sem o seu aparelho eletrônico e ser mais produtivo no trabalho e nos estudos.

Memórias afetivas: 10 dicas divertidas para criar momentos especiais com seus filhos

1 – Defina metas específicas de uso

Para que você aproveite melhor o seu tempo, comece a estabelecer regras para o uso do seu celular.

Isso pode ajudar você a evitar ter medo de ficar sem utilizar os recursos do seu dispositivo móvel, como durante as refeições e ao deitar para dormir.

2 – Tenha um equilíbrio emocional

Isso pode ajudar você a ser muito mais fácil utilizar menos o celular e ter mais contato físico com as outras pessoas. Tente se concentrar em obter alguma interseção pessoal com as outras pessoas do seu convívio diariamente.

Assim você terá menos contato com a tecnologia e diminuirá a sua dependência dela.

nomofobia

3 – Faça pequenas pausas

No início pode ser muito difícil para você quebrar o hábito de ficar sempre no aparelho celular, mas é importante que você comece gradualmente e fazendo pequenas pausas.

Fazendo isso, você gradualmente vai transitando do medo de ficar sem o celular para ficar independente dele.

Comece apenas fazendo pequenas mudanças e pausas no uso do aparelho que no futuro você não vai sentir a diferença se usa ou não a tecnologia.

4 – Procure outras formas de passar o tempo

Se você começar a perceber que está usando demais o seu aparelho celular, que está excessivamente.usando ele para matar o tédio, procure fazer outras coisas além de ficar nele.

Aprenda a cultivar novos hábitos, fazer outras tarefas que exija ficar longo de tecnologias, de aparelhos com telas. Pratique um esporte, vá desenhar, só não use o seu aparelho para passar tempo.

Você gostou de saber mais sobre a Nomofobia? Então não perca mais tempo e compartilhe com os seus amigos e familiares.

Veja mais ›
Fechar