in ,

Uruguai constrói a primeira escola sustentável da América Latina

Quando vi o projeto do novo campus da Universidade FTP, realmente acreditei que a sustentabilidade pode se tornar realidade.

Com arquitetos mais conscientes e projetos de permacultura e bioconstrução sendo colocados em prática em mais lugares no mundo inteiro, sonhar com uma escola sustentável já não parece tão ilusório assim.

Nem ilusório, nem distante

.

Isso mesmo! Os nossos vizinhos uruguaios, apesar de geograficamente menores que nós, já estão alguns passos à frente quando o assunto é sustentabilidade.

Em 2014, cerca de 200 voluntários – do Uruguai e de outros países – começaram a colocar a mão na massa para criar uma escola sustentável.

Eles transformaram os dois mil pneus, as cinco mil garrafas de vidro, os dois mil metros quadrados de papelão e as oito mil latas de alumínio que tinham na Escuela Sustentable Jaureguiberry.

Apenas 40% do material utilizado para a construção não é reciclado

“Com este projeto, temos a possibilidade de parar de protestar e começar a propor. Fazer algo para mudar o que acreditamos que precisa ser mudado, o que acreditamos que tem de ser diferente”, desabafa Martín Espósito, coordenador geral do projeto, no teaser documental da Escuela Sustentable.

Agora, a escola sustentável uruguaia já está de pé.

Tudo isso graças não só aos voluntários, mas também ao norte-americano Michael Reynolds, que há 45 anos criou uma empresa especializada em edifícios sustentáveis e de baixo custo, chamada Earthship.

A estrutura da escola conta com placas de energia solar e moinhos de vento para gerar energia, hortas para a produção de alimentos orgânicos e pilares sustentados por garrafas de vidro recicladas.


Recomendamos para você:

Letícia Flores

Written by Letícia Flores

Letícia, do latim "alegria". Redatora, professora e inventadora. Escreve e dá aulas de italiano por paixão; produz conteúdo por profissão. Que sorte a desta menina, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NASA libera acervo de imagens incríveis totalmente de graça

Cidade do futuro: 7 motivos para conhecer Tel Aviv em 2017