in , ,

Eu que odiava salada fiquei apaixonada por essa horta orgânica do interior

Esse é o sistema que permite continuar imperando a sofisticada indústria farmacêutica.

Sim, nós temos escolha.

Podemos não conseguir fazer a roda do sistema parar de girar, mas podemos, sim, escolher viver mais e melhor; e a Horta Mandalla é uma das (minhas) luzes no fim do túnel.

A Horta Mandalla

img_4410

Miguel pousando para a foto no quarto círculo da Horta Mandalla.

Mandala significa círculo mágico, concentração de energia, e é considerada, universalmente, como o símbolo da integração e da harmonia (Fonte: significados.com.br).

Inspirados nesse conceito, os dois criaram a horta em torno de um círculo côncavo de barro rodeado por outros nove círculos de produtos orgânicos, sendo que cada um deles representa um dos planetas do sistema solar.

Mas, antes de se tornar essa centro de energias positivas, Ceci e Reinaldo ficaram cerca de oito anos distante do pedaço de terra onde hoje vive a Horta Mandalla. Ela nasceu em um terreno arrendado em Ipiguá, no interior de São Paulo, e após algumas confusões com o dono do terreno, finalmente voltou para a chácara da família da Ceci.

14269743_1761861107400694_1497668898_n

Na ordem: Ceci, eu e Miguel.

Apesar de terem começado a conversão da produção convencional para a orgânica em 2004, foi só em 2010 que o casal recomeçou o plantio, voltou a colocar a mão na terra e levou as duas filhas, Giovana e Mayana e o neto Miguel, para morarem todos juntos na caçamba de um caminhão.

Isso mesmo!

A família passou por muitas situações difíceis até chegarem ao processo de desapego total, em que abriram mão da casa confortável em que viviam em São José do Rio Preto (próximo a Ipiguá) para se jogarem de cabeça na horta orgânica.


Recomendamos para você:

Letícia Flores

Written by Letícia Flores

Letícia, do latim "alegria". Redatora, professora e inventadora. Escreve e dá aulas de italiano por paixão; produz conteúdo por profissão. Que sorte a desta menina, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como são feitos os ursinhos de gelatina? (Spoiler: não é nada bonito!)

Jikka: a casa para idosos construída nas montanhas do Japão