in ,

Homem passa 37 anos plantando árvores para criar paraíso ecológico

Trinta anos atrás, em um belo dia, o adolescente Jadav “Molai” Payeng deciciu dar uma mãozinha à natureza e começou a plantar árvores.

Ele plantava as sementes próximo à um banco de areia bastante deserto que havia na região de Assam, Índia, seu local de nascimento.

O objetivo de Jadav era criar um habitat para a vida selvagem e fazer com que as pessoas deixassem de cortar árvores.

Com o passar dos anos, o jovem Jadav decidiu que dedicaria sua vida a construir sua própria floresta e a plantar árvores.

Durante 37 anos, quase que diariamente, este homem bondoso plantava sementes e conseguiu criar um ecossistema totalmente novo com muito sucesso.

Estima-se que a floresta ocupe cerca de 1360 acres.

Para que você, leitor, tenha uma ideia, o Central Park de Nova York, nos Estados Unidos, ocupa uma área de 778 acres.

Mas o que fez Jadav tomar essa decisão?

A gota d’água foi quando o rapaz encontrou um número de cobras mortas na área de areia após uma enchente.

Os répteis mortos o encorajaram a construir um habitat onde os animais não precisariam se sentir ameaçados ou tampouco teriam que abandonar seus lares.

“As cobras morreram por causa do calor, sem a cobertura das árvores. Sentei e comecei a chorar sobre seus corpos mortos. Foi uma carnificina. Alertei o departamento florestal e perguntei se poderiam plantar árvores lá. Eles me responderam que nada podia crescer lá. Em vez disso, me pediram para plantar bambu”.


Recomendamos para você:

Avatar

Written by Luciana Caczan

Neta da Palmirinha e Mulher Maravilha no horário comercial. Mãe, esposa, jornalista, repórter e produtora nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mãe muda dieta da família para curar filha de doença crônica

Por que a Alimentação Viva ajuda a emagrecer?