Rapaz faz gesto solidário emocionante para acolher cão de rua com frio
Rapaz faz gesto solidário emocionante para acolher cão de rua com frio

Rapaz faz gesto solidário emocionante para acolher cão de rua com frio

publicidade Um vídeo gravado no último sábado (22) acabou viralizando na internet. Nele, um jovem tirou a própria camisa para cobrir um cãozinho que estava tremendo de frio, na cidade de São Paulo. O caso aconteceu no Terminal Jabaquara, na zona sul da cidade. Lembrando que nesse dia a capital marcou a temperatura mais baixa […]

publicidade

Um vídeo gravado no último sábado (22) acabou viralizando na internet. Nele, um jovem tirou a própria camisa para cobrir um cãozinho que estava tremendo de frio, na cidade de São Paulo.

O caso aconteceu no Terminal Jabaquara, na zona sul da cidade. Lembrando que nesse dia a capital marcou a temperatura mais baixa do ano.

Era por volta de 14h, quando os irmãos Felipe, de 33, e Fernando, de 30 anos, desembarcaram de um ônibus vindo de Guarujá. Quando iam pegar o metrô, os dois se depararam com um cão que tremia de frio próximo à bilheteria.

publicidade

Fernando comprou o bilhete primeiro e comentou com o irmão sobre o cãozinho.

Eu peguei meu bilhete e comentei com meu irmão que o cachorro estava tremendo de frio e segui. Quando olho para trás vejo meu irmão de frente para o cachorro e pensei que ele iria aprontar alguma coisa. E foi o que aconteceu”, conta.

O rapaz pegou uma jaqueta na mochila, tirou a camiseta preferida e a usou para cobrir o cachorro.

Foi uma coisa simples, não imaginava ter tanta repercussão, não custou nada

publicidade

O gesto no entanto, é comum para a família. Eles contam que cresceram com animais de estimação e possuem empatia por eles. Os pais, Antonio Carlos e Dona Luiza, sempre buscaram ajudar moradores de rua e animais abandonados.

Foi compaixão mesmo, meu irmão se colocou na situação do cachorro. A gente cresceu vendo a nossa mãe ajudando moradores de rua, animais de rua também”, conta Fernando.

Felipe conta que teve uma reação natural, ele se abaixou e começou a fazer carinho no animal, e disse ainda que as pessoas que passavam só olhavam, sendo que foi chamado de louco por uma.

Depois do ocorrido, os dois seguiram o caminho e na volta tentaram encontrar o animal.

publicidade

Quando voltamos a gente tentou reencontrar com ele. Se ele estivesse aqui no Guarujá eu teria levado para casa, para um veterinário e tentado encontrar um lar para ele. Foi um gesto simples que viralizou de uma forma muito grande”, disse Felipe.

Ele ainda afirmou que a pandemia está trazendo apenas notícias ruins, e ressaltou o fato de que um simples gesto para ajudar alguém necessitado, pessoa ou animal, pode fazer com que o mundo seja um lugar bem melhor.

O rapaz foi bastante elogiado por sua atitude e conta que recebeu várias e várias mensagens de incentivo. Nas redes sociais, Felipe deixou uma importante mensagem sobre toda a situação:

(…) Eu sei que vc já teve o impulso de ajudar… Mas na HR travou e pensou q alguém vai falar… E depois ficou arrependido.. Vai e n ligue pro que irão falar… Só vai falar quem está fazendo menos que vc… Obrigado a todos os comentários e compartilhamento… Não tem como mudar o mundo.. Mas até onde sua mão alcança tem sim”.

Podemos pensar que olhando pelo alto, um gesto de empatia por si só não pode mudar o mundo, mas com certeza muda o mundo de quem o recebeu.

Fonte: G1