Cadela cega é resgatada 8 dias depois de desaparecer nas montanhas da Califórnia

A união de vizinhos, amigos e familiares fez toda a diferença no caso.

publicidade

Quando um cachorro se perde, há muitas esperanças de encontrá-lo ao redor do bairro em que mora e a união de vizinhos, amigos e familiares faz toda a diferença na hora de resgatar um animal.

O caso de Sage, uma cadela cega de 12 anos da raça Labrador, é um grande exemplo disso.

Sage mora com a família na cidade de Boulder Creek, no Condado de Santa Cruz, na Califórnia e sumiu no dia 24 de fevereiro.

publicidade

Na ocasião, os donos de Sage pensaram erroneamente que ela tivesse sido trazida para casa depois de terem passado algum tempo no quintal.

Entretanto, uma hora depois, eles se deram conta que tinham deixado ela para fora e já não a encontraram mais.

“Dez dos nossos vizinhos se uniram à nossa família na busca que durou até tarde naquela noite”, disse Beth Cole, dona de Sage ao The Dodo.

publicidade

“Então eles voltaram para ajudar por vários dias depois disso”, completou Beth

Depois que oito dias se passaram e a pet amada continuava desaparecida, a esperança começou a enfraquecer.

Há predadores na área e além disso, naquela semana, a temperatura caiu consideravelmente.

Beth conta que ela e a família chegaram a pensar que Sage pudesse ter morrido por causa das condições da área.

Apesar dessa possibilidade, as buscas continuaram e cartazes com foto de Sage foram espalhados pela vizinhança e nas redes sociais.

publicidade

Mas então, o inesperado aconteceu.

Apesar de toda a procura e divulgação, Sage foi encontrada pelo vizinho Dan Estrada e o amigo dele, Vincent, por acidente.

Isso porque eles davam uma volta pela floresta em volta da casa de Dan com os dois cães dele, Barnabas e Köelsch, quando quinze minutos depois da caminhada, Dan viu algo ao lado de um riacho na base de uma encosta íngreme.

“No começo eu pensei que era um saco de lixo, então eu fiquei realmente frustrado”, disse Dan Estrada ao The Dodo.

“Ninguém quer que as pessoas joguem lixo na floresta. Então eu olhei mais de perto e vi que era Sage.”

Dan encontrou Sage escondida dentro de uma pequena enseada ao lado do córrego e ela não estava se movendo.

Ele tinha certeza de que ela estava morta.

“Eu só disse para mim mesmo, ‘Oh não,’ porque agora teríamos que fazer a recuperação do corpo”, disse Estrada.

“Além disso, eu teria que dizer a sua família, e ser o portador de más notícias.”

Felizmente, Dan estava errado

Sage estava muito fraca e sem energia, mas foi capaz de levantar a cabeça ao sentir a presença deles.

Dominado pela emoção, ele contou que abraçou a cachorrinha, que notou a presença de Barnabas e Köelsch, amigos que ela conhece muito bem.

“Ela andou talvez dez passos, mas ela estava se movendo um pouco lenta”, disse Dan.

“Ela correu para um tronco, eu percebi que não havia nenhuma maneira que ela caminhar sozinha. Então eu a coloquei em meus ombros e nós fizemos o nosso caminho de volta.”

No fim das contas, a cadela não tinha se afastado para tão longe assim.

Finalmente, a família de Sage foi contactada por Vincent para avisar sobre a maravilhosa notícia e que estavam a caminho.

O reencontro foi coberto de emoção.

“Eles choraram, eles ficaram felizes”, disse Dan.

“Estávamos a meio caminho da montanha e eu podia ver que todos estavam com os olhos cheios de lágrimas.”

A família Cole chegou a oferecer uma recompensa de mil dólares para Dan Estrada, que recusou e em vez disso, pediu que o dinheiro fosse doado para uma instituição de resgate de animais.

“Nós sempre amamos nossa comunidade, mas isso realmente reforçou o quão especial é este lugar”, disse Beth ao canal KSBW8.

Ficamos felizes com mais um final feliz

Se você gostou da história, compartilhe com os seus amigos!

Fonte: thedodo.com, ksbw.com.