Entenda como desenvolver uma resiliência extraordinária

Em cada momento, você tem a oportunidade de praticar a resiliência.

publicidade

Estamos todos cercados de dificuldades, obstáculos, dor, cansaço e milhares de contratempos, pequenos e grandes.

O que determina se levamos esses contratempos numa boa, ou se deixamos que eles nos derrubem, é algo que os psicólogos chamam de “resiliência”.

É uma habilidade de se recuperar de contratempos, de se adaptar, de aprender, mas não ser derrubado por esses contratempos.

publicidade

Descobri que a resiliência é um fator importante em minha própria jornada, desde dificuldades financeiras e mudanças na saúde ao longo dos anos, até a navegação nas águas assustadoras e incertas de administrar meu próprio negócio.

A resiliência me permitiu:

  • Correr várias maratonas e uma ultramaratona (entre outros desafios físicos), apesar de lesões e outros contratempos de treinamento.
  • Escrever vários livros e cursos, mesmo no meio de desafios pessoais, medos, atrasos devido à procrastinação e muito mais.
  • Encarar desafios como dívidas ou declínio de renda com uma atitude positiva e lidar com os desafios conforme eles aparecem.
  • Criar seis filhos (talvez com um pouco de ajuda da minha esposa), não importando quais dificuldades enfrentem, ou que bagagem pessoal eu esteja trazendo como pai.
  • Lidar com as mortes na família com o coração aberto, não apenas encontrando compaixão por minha própria dor, mas ajudando meus familiares com a dor deles.

Nada disso é para me gabar, mas é para mostrar o poder da simples resiliência.

Eu não sou maior do que qualquer outro ser humano, mas a resiliência me ajudou a lidar com essas dificuldades, como tenho certeza que ajudou muitos de vocês.

publicidade

É uma coisa tão poderosa, a resiliência… mas como você a desenvolve?

Pois não se engane: é um conjunto de habilidades, um conjunto de capacidades que podem ser desenvolvidas ao longo do tempo. Algumas pessoas podem nascer com tendências maiores em relação à resiliência, mas todos podemos melhorar.

Eu vou oferecer um conjunto de práticas que você pode trabalhar, se você quiser desenvolver uma resiliência extraordinária. Espero que você as ache úteis.

As práticas de resiliência

Resiliência extraordinária

Sempre que você enfrenta estresse, dificuldade, tristeza, dor, luta, contratempos, fracasso, decepção, frustração, raiva, incerteza (grandes ou pequenas, durante o dia)… veja como uma oportunidade de praticar.

publicidade

Aqui estão algumas práticas que você pode tentar:

Perceba o que você não está vendo: Quando você estiver frustrado, desapontado, entediado, etc… é porque você está vendo apenas a falta de algo. Ou o lado “ruim” das coisas.

Isso significa que você está se cegando para o quadro todo – no momento em que alguém está sendo rude com você, você percebe que ele está com dor, que ele tem um coração tenro e amoroso dentro dele, que ele é, de fato, uma dádiva?

Você percebe sua própria vivacidade, a luz do sol ao seu redor, os sons maravilhosos do dia que o cercam?

Em cada momento, há coisas surpreendentes para perceber, e quando estamos focados apenas nas partes que não gostamos, estamos presos à visão estreita e, portanto, perdendo a grandeza da vida.

Qual é a maravilha que você não está vendo?

Conecte-se com algo maior que você: Como pai, é incrível o que posso fazer ajudar meus filhos. Eu me coloco em um desconforto incrível, se isso significa protegê-los, ajudá-los de alguma forma – e isso sequer parece um sacrifício.

Qualquer um que serve aos outros conhece esse sentimento: quando você está fazendo algo pelos outros, o desconforto é apenas uma reflexão tardia.

Então, quando você estiver enfrentando dificuldades, se você pode conectar sua tarefa com algo maior que você, servindo aos outros e não apenas a si mesmo… a dificuldade se torna muito mais insignificante.

Desta forma, toda dificuldade pode ser vista como não sendo “uma grande coisa”.

Pratique a compaixão (por si mesmo e pelos outros): Quando você estiver com dor, apenas perceba isso. Deseje paz e felicidade, como você desejaria paz na dor de um ente querido.

Se alguém à sua frente estiver zangado, irritado… também lhe deseje paz.

Toda interação difícil é uma oportunidade para praticar essa habilidade chave.

Veja isso como uma parte do crescimento: Quando você enfrenta um contratempo, não é o fim do caminho… é uma parte dele.

Nenhuma jornada que vale a pena viajar é livre de desconforto e contratempos. Se queremos crescer, temos que passar por desafios.

Portanto, cada desafio que você enfrentar – em vez de pensar negativamente, veja a beleza daquilo ser parte do seu crescimento pessoal.

Pratique a flexibilidade e a adaptação: Rigidez só traz frustração.

Se pudermos aprender a ser flexíveis e nos adaptarmos a qualquer situação que esteja mudando, não ficaremos apenas mais felizes, teremos mais sucesso em tudo o que estivermos tentando fazer.

Então, quando você estiver no meio de uma situação desafiadora, se pergunte como pode praticar ser mais flexível.

Quando você tiver sido atingido por um fracasso, pergunte a si mesmo como pode se adaptar e melhorar, para ter mais chances de sucesso na próxima tentativa.

Veja como uma oportunidade para melhorar, para se tornar mais flexível em seu pensamento, para ser sempre adaptável e nunca extinguível.

Resiliência extraordinária

Encontre a delícia, prazer, alegria: Toda situação de incerteza, todo desconforto e dificuldade… contém dentro dele algum tipo de maravilha, algum tipo de delícia, algum tipo de prazer e alegria.

Nós só precisamos encontrar. Abra o coração para isso.

Pare de tentar rejeitar e, em vez disso, veja pela primeira vez, como uma criança pequena, e veja a maravilha que é esse momento na vida.

Veja tudo como um professor: Cada coisa que chega à sua frente é seu professor.

Você pode rejeitar a lição e ver aquilo a como algo que não quer, ou pode abrir sua mente e descobrir como essa situação, essa pessoa, esse contratempo, é seu professor.

Qual das lições acima está ensinando você? Qual das práticas acima está dando a você a oportunidade de melhorar?

Descubra isso e você terá uma chance de melhorar sua resiliência.

Em cada momento, você tem uma escolha. Você quer sucumbir às suas dificuldades, ou desejar que todas elas evaporem… ou ser fortalecido por elas, aprender com elas, se abrir para suas brilhantes lições e experiências prazerosas?

Em cada momento, você tem a oportunidade de praticar. Não é fácil. Mas é o caminho da resiliência e do amor.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Zen Habits, escrito por Leo Babauta.

Imagens: pexels.com e pixabay.com

Gostou do conteúdo? Então comente e compartilhe-o com seus amigos

COMENTÁRIOS | Deixe sua opinião!

comments