Este pai pagaria um salário de R$ 18 mil para sua esposa ficar em casa e o motivo surpreende

Essa história vai fazer você querer abraçar sua esposa (e até sua mãe) agora.

publicidade

Limpar a casa, lavar as roupas, organizar as finanças, cuidar dos filhos. Essas são apenas algumas das muitas funções que uma mãe dona-de-casa desempenha em seu dia a dia e não é novidade para ninguém.

No entanto, pensando em quanto ganharia sua esposa para fazer tudo isso, o escritor Steven Nelms chegou a uma quantia que nem ele nem a maioria de nós poderia pagar pelos seus serviços.

Husband_6

publicidade

Decisão em conjunto

Steven vive no Texas com sua esposa Glory e o filho Ezra, de 2 anos. Como não poderiam pagar por uma babá que cuidasse do pequeno, decidiram que Glory pararia de trabalhar para cuidar dele em casa.

Até aí, tudo bem. Acontece que Glory trabalhava desde os 14 anos de idade, ajudando nas contas da casa e, de repente, viu sua rotina mudar completamente.

Husband_7

Enquanto muitas mães se desdobram entre trabalho fora de casa, o cuidado com os filhos e os serviços domésticos, Glory também trabalha muito, mas sem receber um salário no quinto dia útil de cada mês.

publicidade

O que Steven fez?

Baseado em todas as atividades que Glory realiza em casa (desde as mais complicadas até as mais simples), ele colocou na ponta do lápis o custo que cada um desses serviços teria se ele contratasse uma empresa ou um profissional que cuidasse disso.

O resultado? U$ 73 mil por ano – cerca de R$ 225mil (ou R$ 18,75 mil mensais). Dá pra acreditar?

Mas as contas de Steven são bem detalhadas mesmo! Ele inclui no seu cálculo atividades como:

  • Assistência financeira (pagamento de contas, orçamentos): US$ 15 a hora;
  • Assistência pessoal (em seu trabalho): US$ 75 a hora;
  • Lavanderia: US$ 25 por semana;
  • Serviços de limpeza: de US$50 a US$100 por faxina;
  • Compras: US$ 65 por hora (4h por semana);
  • Cozinha: US$ 240 por semana.

Minucioso, não?

Isso porque nem colocamos aqui a lista inteira, mas no seu blog We Are Glory ele descreve o valor que cada serviço teria.

publicidade

Husband_2

Steven deixa claro que sua intenção não é ofender nenhuma dona-de-casa muito menos precificar o amor que uma mãe tem pelos filhos e os cuidados que os rodeiam, mas sim tentar mostrar para sua esposa que ele tem consciência – bota consciência nisso! – de que deve valorizar muito o seu esforço!

Uma prova de amor diferente

Husband_3

O texto em seu blog teve uma repercussão gigantesca e o casal chegou a dar entrevista à ABC News, veja:

No final das contas (literalmente), toda a polêmica sobre o quanto uma mãe mereceria receber para ser exclusivamente uma dona-de-casa, resume-se em uma linda e estranha prova de amor:

“Em resumo, eu não posso pagar para a minha esposa ficar em casa. E eu tenho falhado em demonstrar o valor que ela merece. Ela me ama, ama nosso filho e ama nossa família, então obviamente ela não está fazendo nada disso por um contra-cheque, nem mesmo por reconhecimento. Mas certamente não “dói” saber que, como dona-de-casa, ela ganharia o dobro da minha renda atual. Então, esse é o meu jeito estranho de dizer o quanto eu a valorizo como esposa, mãe do meu filho e aquela que sempre está do meu lado não importa o que aconteça. Você é mais preciosa que rubis. E eu não posso te pagar.”, conclui o romântico Steven Nelms.

Husband_4

Husband_1

Husband_5

Se você achou interessante a lógica de Steven, compartilhe agora mesmo.