in

Beber mais de três vezes por semana pode prejudicar sua saúde, diz estudo

Dois estudos recentes criticam o conselho de décadas atrás sobre o álcool.

Tudo indica que mesmo um hábito de beber de forma moderada pode aumentar o risco de morte prematura.

O último estudo, publicado na quarta-feira na revista Alcoholism: Clinical & Experimental Research, descobriu que beber apenas quatro ou mais vezes por semana pode aumentar o risco de morte prematura, mesmo que essa quantidade de bebida seja consistente com as diretrizes federais americanas.

Os pesquisadores definiram beber “leve” como uma bebida ou duas por ocasião.

O CDC e outras agências federais americanas recomendam beber moderadamente — não mais do que uma bebida por dia para mulheres ou duas por dia para homens — para pessoas que gostam de bebida alcoólica, claro.

Quem bebia quatro ou mais vezes por semana tinham um risco 20% mais alto de morrer durante o período de estudo do que aqueles que bebiam três ou menos vezes por semana.

“A conclusão parece ser que não devemos beber mais do que três vezes por semana”, diz a co-autora do estudo Dra. Sarah Hartz, professora assistente de psiquiatria na Escola de Medicina da Universidade de Washington, em St. Louis.

“A frequência do consumo de bebida alcoólica é importante, da mesma forma que tomar um medicamento é importante. Se você toma um remédio uma vez por semana, o impacto é diferente do que se você toma um remédio todos os dias”, aponta.

O artigo da professora segue uma grande pesquisa sobre álcool publicada no The Lancet em agosto. Esse documento chegou a uma conclusão ainda mais drástica: seus autores escreveram que o nível mais seguro de consumo é nenhum, citando riscos maiores de problemas de saúde que vão desde acidentes de carro a câncer.

Adicionar APP Awebic

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os 10 melhores livros de Biografias e Histórias Reais (2019)

17 características de sucesso que fazem qualquer um se destacar da multidão