Compreenda os benefícios dessa prática ao longo da vida das mulheres!
Compreenda os benefícios dessa prática ao longo da vida das mulheres!

Se toda mulher soubesse DESSE BENEFÍCIO, fariam yoga todos os dias!

Compreenda os benefícios dessa prática ao longo da vida das mulheres!

publicidade

Se você acompanha o nosso conteúdo já deve saber que a Yoga e suas variações são atividades super completas e que podem trazer benefícios concretos ao corpo, mente e espírito. 

Além de tonificar os músculos, essa modalidade ajuda no ganho de flexibilidade e oferece benefícios mentais como, o alívio do estresse, provocado pelo acúmulo de responsabilidades existentes no dia a dia.

Muitas pessoas não sabem, mas praticar Yoga regularmente pode controlar casos de ansiedade e até favorecer o emagrecimento.

publicidade

yoga

Além disso, algumas pesquisas apontam que a Yoga consegue promover alterações genéticas positivas, que auxiliam na alta da imunidade. Isso é incrível, não é mesmo? 

Sendo assim, podemos afirmar que essa prática é um verdadeiro “detox” ,por limpar o organismo e aumentar o ritmo metabólico, ampliando a capacidade da circulação sanguínea e garantindo o bom funcionamento da tireoide. 

YOGA E AUTOCONHECIMENTO 

Essa técnica milenar é ponto principal de muitas pesquisas que afirmam que a Yoga é um dos melhores caminhos para o autoconhecimento e autocontrole, principalmente quando está associada ao tratamento de compulsão alimentar. 

publicidade

Suas técnicas de respiração, conhecidas como pranayamas, ajudam a diminuir o ritmo da mente e controlar a ansiedade, que na maioria das vezes, é a principal fonte de gula e consequentemente, do ganho de peso. 

Outros estudos apontam que, incluir Yoga na rotina mantém a fertilidade em suas plenas funções. A atividade promove equilíbrio hormonal e favorece a circulação, especialmente, nos órgãos reprodutores. 

YOGA, FERTILIDADE E PRAZER FEMININO 

Ao reduzir os níveis de estresse e equilibrar os hormônios, é comum que as mulheres sintam o aumento da libido. Isso amplia a capacidade circulatória nos órgãos reprodutores e favorece uma gravidez saudável. 

Mesmo que sejam benefícios secundários, ainda são muito importantes para quem está sonhando em aumentar a família. A Yoga não sobrecarrega as articulações, sendo uma das práticas mais indicadas para as gestantes.

yoga

publicidade

Ou seja, além de ajudar na concepção, a prática pode ser levada ao longo de todo período gestacional de modo saudável. Contudo, existem restrições quanto as asanas (posições) que precisam colocar a barriga para baixo ou fazer torções abdominais. 

Com alta nos níveis de estamina e muito conhecimento sobre cada região do corpo, seu prazer irá as alturas. Estabelecer uma prática que ajude a controlar os músculos da região pélvica, inspira autoconhecimento e prazer feminino. 

Mesmo com tantos benefícios, você precisa consultar seu médico para receber as melhores recomendações, de acordo com o seu preparo físico. 

YOGA E GRAVIDEZ 

Quando a técnica é utilizada de forma específica para gestantes, oferece diferentes benefícios de acordo com o momento da gravidez. De modo geral, ao aumentar a força, flexibilidade, resistência e controle pélvico, a Yoga consegue agir como agente facilitador do parto. 

Além disso, algumas asanas ajudam a amenizar dores nas costas, fortalecendo a região lombar e trazendo mais conforto para as gestantes, principalmente na hora de dormir. No pós parto, auxilia facilitando a recuperação física devido ao enrijecimento dos músculos da região do abdômen. 

YOGA E TPM 

Isso vale, especialmente, para as mulheres que sofrem todo mês com os mais variados tipos de sintomas provocados pela tensão pré-menstrual, ou como é conhecida popularmente: TPM. 

Cerca de 80% da população feminina sente cólicas, câimbras, dores de cabeça, inchaço abdominal e alterações emocionais nesse período. Ao praticar Yoga, a circulação fica mais ativa e isso diminui o sofrimento com a temida tensão. 

yoga

Nos dias que antecedem a menstruação, é normal que as mulheres apresentem alterações emocionais consideráveis e isso pode refletir em ansiedade, irritabilidade ou rompantes emocionais. 

Durante o período, as cólicas e desconfortos abdominais são comuns. E é aí que a Yoga entra como uma alternativa coringa, elevando os níveis de endorfina e serotonina, capazes de “acalmar” o seu sistema nervoso e aumentar a circulação de sangue oxigenado nos órgãos que são a fonte do desconforto. 

Respirar de forma consciente e profunda também é fundamental em qualquer que seja o processo relativo a Yoga. Os pranayamas desenvolvem uma função imprescindível nesse aspecto e garantem o alívio do estresse, estimulado pela TPM. 

A verdade, é que ao longo dos ciclos, nós mulheres passamos por diversas variações hormonais e isso reflete de forma direta em nossa saúde e bem-estar. Obviamente, para diferentes fases, devem ser tomadas diferentes medidas. 

YOGA E MENOPAUSA 

Todas as mulheres irão enfrentar a menopausa um dia. Esse período é referente ao encerramento definitivo dos ciclos menstruais. Antes da sua chegada, existe um momento de transição, denominado pré menopausa. 

É difícil saber por quantos anos essa transição irá durar, mas o que se sabe é que durante sua permanência, as mulheres sofrem trágicas variações nos níveis de estrogênio e progesterona. 

Essas flutuações trazem alguns sintomas que a longo prazo podem se tornar ainda mais desconfortáveis, são eles: sensação intensa de calor, excesso de fadiga, inconsistência no humor, insônia e até quadros de depressão.

Conhecer seus ciclos é fundamental para encarar esse processo de forma leve e consciente, a Yoga pode ser uma grande aliada! 

A Yin Yoga, por exemplo, quando está agregada as técnicas respiratórias corretas, pode trazer mais conforto para as mulheres nesta fase. O Yoga nidra, consiste em uma técnica de relaxamento guiado e também ajuda a controlar os sintomas descritos. 

yoga

Não existe segredo para desfrutar dos benefícios da Yoga. Além de inclusiva, essa prática utiliza asanas, ou posturas, que ajudam a relaxar o sistema nervoso central e melhoram o funcionamento do hipotálamo e de outras glândulas do sistema endócrino, responsável por suprir a necessidade hormonal do nosso corpo. 

Ao fazer isso, a prática ajuda o organismo a se adaptar melhor as flutuações hormonais, transformando a qualidade de vida da mulher em algo cada vez mais positivo! 

Contudo, desde o início da vida fértil até a menopausa, passando pelo período que há antecede e pela primeira gravidez, a Yoga consegue de forma geral, facilitar o equilíbrio de hormônios femininos, trazendo mais saúde em cada uma dessas fases. 

Outro benefício indiscutível é o favorecimento do condicionamento físico. Isso engloba o ganho de força e flexibilidade, além de facilitar o controle da respiração em função da calma nos pensamentos.

Trabalhar esses aspectos pode ser o primeiro passo para incluir hábitos mais saudáveis na rotina.