ALERTA! Seu ESTÔMAGO pode estar te dando um recado!

Entenda como o estresse e a ansiedade pode desequilibrar seu sistema digestivo!

ALERTA! Seu ESTÔMAGO pode estar te dando um recado!
ALERTA! Seu ESTÔMAGO pode estar te dando um recado!

Você já se perguntou o motivo do seu estomago ficar frio antes de fazer algo estressante? Você sabia que o seu estômago pode estar lhe dando um sinal em relação aos seus sentimentos? 

Uma pessoa que já teve um “encontro” com o banheiro que demorou mais do que o esperado e não foi causado por algo que ela comeu? A verdade é que os problemas de estômago são um dos sintomas mais comuns de estresse e ansiedade. Você sabia disso?

Vários pesquisadores e estudiosos da área identificaram uma conexão muito poderosa entre o estômago e o cérebro – assim como o cérebro, o intestino está cheio de nervos. 

Confira a seguir o que acontece quando o nosso estômago quer nos dar um recado em relação ao nosso estado emocional.

Qual a relação entre o estômago e o cérebro?

Um fato muito interessante é que o nosso estômago contém a maior área de nervos fora do cérebro. Você sabia disso? Assim com o trato digestivo, o nosso cérebro compartilha muitas das mesmas conexões nervosas com o estômago.

Por isso, quer trate de um único evento estressante, de ansiedade ou preocupação crônica e estresse ao longo do tempo, o estresse pode cobrar um.preço físico em seu sistema digestivo, assim, afetando como o estômago trabalha em nosso corpo.

estresse-e-estômago

Além disso, quando uma pessoa está ansiosa, alguns dos vários hormônios e substâncias químicas do.corpo são liberados eles entram no trato digestivo, onde interferem na digestão.

O estômago nos alertam do estresse e ansiedade?

Como foi visto anteriormente, quando você está ansiosa ou com estresse, alguns dos vários hormônios e substâncias químicas.são liberados fazendo com que eles entrem no trato digestivo, onde interferem no funcionamento do estômago.

O desequilíbrio químico no corpo resultante das alterações emocionais podem causar uma série de problemas gastrointestinais. Veja a seguir alguns dos sintomas e condições intestinais comuns relacionados ao estresse e a ansiedade

  • Indigestão e Dores de Estômago; 
  • Diarreia e Prisão de Ventre;
  • Perda de Apetite e Fome Não Natural; 
  • Náusea e Síndrome do Intestino Irritável; 
  • Úlceras Pépticas.

Além disso, esses hormônios e substâncias químicas têm um efeito negativo na flora intestinal – os microorganismos que vivem no trato digestivo e ajudam na digestão – e diminuem a produção de anticorpos. 

20 dicas para conseguir CONTROLAR uma crise de ANSIEDADE

Estresse e Ansiedade podem causar diarreia?

Uma vez que uma pessoa sofra com uma dessas condições listadas anteriormente, a própria condição pode.se tornar uma fonte de ansiedade e estresse, causando assim um grande impacto em na qualidade de vida. 

Vários médicos tiveram pacientes que apresentaram diarreia, por exemplo, que desenvolveram o medo de ter acidentes nas calças, o que os fazia ter medo de sair de casa ou de ir a certos lugares – tudo isso com causa dos desequilíbrios emocionais, como a ansiedade e estresse. 

estresse-e-estômago

Por isso, se você sentir cólicas estomacais ou indigestão, pode ficar com medo desses sintomas, pois fazendo com que você limite onde e o que você come, o que pode impactar sua vida social, com certeza é o seu estômago lhe alertando de um desequilíbrio emocional.

Escute os sinais do seu CORPO e consiga poder para CURAR a si mesmo

Como reduzir o estresse e manter o equilíbrio do estômago?

Confira a seguir algumas dicas de como você pode diminuir o estresse e a ansiedade e ter um estômago regular e sem desequilíbrio. Entenda que o seu corpo alerta você quando a sua mente e estado emocional não estão bem.

1 – Controle suas emoções

Embora o estresse e a ansiedade seja uma parte normal da vida e impossível de ser evitado por uma pessoa saudável, há boas notícias. A verdade é que você pode controlar o estresse e a ansiedade de modo que reduza o impacto no estômago.

2 – Use a técnica da respiração

É importante você fazer pausas curtas e respirar. Quando bem feito, isso pode realmente ajudar você com os problemas no estômago. Além disso, a cada duas horas, pare o que estiver fazendo e faça um minuto de respiração lenta e profunda. 

Você ficará surpreso com os resultados da respiração e da meditação para acalmar os nervos. Com isso, para começar sua respiração deve ser muito lenta, silenciosa e pelo nariz. Logo após, empurre o seu estômago para fora ao inspirar e deixe-o esvaziar ao expirar.

Largue a DOR! Essa TERAPIA pode trazer a cura que o seu corpo precisa

3 – Aprenda a dizer não para as coisas

Tentar fazer de tudo o que quer e agradar todo mundo o tempo todo é uma receita infalível para o estresse e a ansiedade. Por isso, comece a conhecer os seus limites e quando estiver perto de alcançá-los, não aceite responsabilidades adicionais de outras pessoas – o seu estômago agradece.

estresse-e-estômago

4 – Tenha uma vida de atividade física regular

Comece a praticar exercícios físicos ou ioga para relaxar o seu corpo e se livrar dos desequilíbrios emocionais. O fato é que a realização da atividade física é uma ótima maneira de reduzir o estresse, mesmo que seja apenas por quinze minutos por dia.

Por isso, quando você se exercita, o seu corpo liberará várias substâncias químicas como a endorfina, que interagem com os receptores em seu cérebro e desencadeiam uma sensação positiva em seu corpo.

5 – Dê atenção as coisas que você pode controlar

Em vez de você se estressar com coisas que não pode controlar, comece a se concentrar nas coisas que você pode controlar, como, por exemplo, escolher reagir aos problemas

A verdade é que a sua reação é sua própria escolha, assim, incluindo como você reage aos seus problemas estomacais. Além disso, aceitar os problemas de estômago reduzirá sua ansiedade e reduzirá seus sintomas – a preocupação com o estômago só piora os sintomas.

15 razões para se exercitar todos os dias e aproveitar os BENEFÍCIOS

6 – Faça exercícios guiados

Para poupar o seu estômago de um desequilíbrio indesejado, você precisa ouvir diariamente um exercício de relaxamento guiado. Com isso, você não apenas se sentirá relaxado ao fazer isso, mas a maioria das outras pessoas também experimentará uma sensação de calma que dura horas depois.

Você gostou de saber mais sobre como o seu estômago e o seu cérebro funcionam? Viu como o estresse e ansiedade podem afetar o seu estômago? Se gostou do conteúdo, compartilhe com os seus amigos e familiares. Aproveite essa oportunidade para ajudar quem está com esse problema.