Taxista ajuda pai a fazer o parto da esposa no seu carro

Um momento com certeza inesquecível!

Taxista ajuda pai a fazer o parto da esposa no seu carro
Taxista ajuda pai a fazer o parto da esposa no seu carro

Na semana passada, um taxista passou por um momento que ficará para sempre em sua memória. Marcelo Fraga da Silva, achava que seria apenas mais uma corrida pela Zona Norte do Rio.

Só que ao entrar no carro, Alan Luiz Dias da Silva, que estava ao lado de sua esposa, Estefani, -, não conseguiram chegar a tempo para o nascimento.

A pequena Nicole não esperou chegar na maternidade e o pai precisou fazer o parto de sua mulher ali mesmo, dentro do táxi do seu Marcelo, quem ajudou bastante.

Te interessa?

“Cheguei lá, todo mundo desesperado, a mãe da Nicole já prestes a ganhar neném e eu falei ‘cara, bota no carro, vamos embora. No meio do caminho indo pra maternidade, a mãe começou a gritar. Ela botou os pés no encosto do meu banco e começou a gritar”, contou o taxista.

Taxista ajuda pai a fazer o parto da esposa no seu carro
Taxista ajuda pai a fazer o parto da esposa no seu carro

Conforme a mãe estava entrando em trabalho de parto, Marcelo ajudava o Alan com os procedimentos que poderiam ajudar o momento e ficava o tempo todo falando o que ele precisava fazer.

E tudo acabou acontecendo muito rápido. O taxista disse ainda que o pai estava completamente desesperado e sem saber o que fazer, até as mãos colocou para cima de tão nervoso que estava!

“Eu falei ‘cara, bota a mão embaixo, apoia com a mão. Aí ele foi ‘ih, saiu a metade’. ‘Bota a segunda mão’. Ele foi, aí nasceu, muito rápido. Aí eu falei ‘vê se o cordão umbilical tá preso no pescoço’. ‘Não, não’. ‘Graças a Deus’. Aí a Nicole chorou. Ela chorou. Eu falei ‘graças a Deus’. Aí eu peguei e vim pra maternidade”, continuou o Marcelo.


 

Uma emoção que jamais esquecerá

Para o pai Alan, embora não seja a primeira vez que sua esposa passe por um trabalho de parto, ele que já é pai de um garotinho, estava confiante de que chegaria a tempo no hospital, mas as coisas foram bem mais rápidas do que espera.

Em uma expressão de gratidão por tudo o que o Marcelo fez naquele momento, a família o convidou para que pudesse ser o padrinho da pequena Nicole.

Taxista ajuda mulher em trabalho de parto no seu carro

Eles já se conheciam, Alan que é dono de uma lanchonete, tinha contato com o Marcelo. E só soube que ele ficaria na vida deles para sempre ali, como disse o pai da Nicole:

“Eu senti no coração, pela forma que ele me tratou, tratou minha esposa e minha filha, eu senti no coração, que ele deveria ser padrinho da minha filha. Ele aceitou e eu estou muito feliz por isso”.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

 

Veja mais ›
Fechar